Fazendo ela gozar

Por: Acid Girl | Em: Acidez Feminina | 28 de abril de 2009

Desmistificando o mito: Orgasmo feminino.

Eu sei que vocês, assim como eu, já devem ter visto milhares de textos por ai com dicas, técnicas e informações de como fazer mulher ter orgasmo, mas tem uma coisa muito mais importante que ‘como tratar a mulher’, ‘onde tocar’, ‘qual posição é melhor’ ou ‘o que elas preferem’. O que nunca li em lugar algum e que considero fator principal é que a mulher precisa querer gozar pra poder gozar.

Não adianta o cara pagar aquele super jantar, colocar pétalas de rosas na cama, saber todos os pontos, saber o caminho pro ponto G, chupar, apertar, rebolar, escolher as melhores posições, que se ela não estiver a fim de colaborar não vai rolar. Algumas pessoas tem comentado comigo no msn que já tentaram de tudo pra fazer a namorada gozar e não conseguem.

orgasmo2Geralmente, duas coisas são comuns nesses relatos: ou existe uma pressão alheia ao sexo ou/e a garota não se conhece.
Ficar pensando na prova do outro dia, nas possibilidades do pai (que ainda acha que você é virgem) saber que ela já transou, no problema financeiro, se ela está conseguindo agradar o cara, se ele vai achar ela gorda… Não ajuda nenhum pouco.

Assim como ficar esperando ansiosamente pelo orgasmo também não vai ajudar, pelo contrário, só vai retardar o acontecimento do mesmo. Falo por experiência própria que alguns fatores são comuns com as garotas que nunca tiveram orgasmo, o medo do desconhecido (principal motivo para o aumento das dificuldades da primeira vez) também e o principal com primeiro orgasmo, medo do que possa vir a acontecer quando ela gozar, se vai sair algum líquido ou não, como é a sensação, o que acontece com o corpo, como fica a vagina, se o parceiro vai saber, se pode vir a doer como aconteceu com a primeira penetração.

Sexo bom é aquele divertido, onde os dois estão concentrados em se sentir, em proporcionar prazer ao parceiro, quando isso dá lugar à preocupação e a concentração em proporcionar prazer vira inquietação pelo prazer próprio; dificilmente os dois vão aproveitar a transa.

A maioria das meninas que evitam se masturbar fazem isto porque, ao contrário dos meninos, desde cedo foram forçadas a acreditar que se tocar era errado, que é pecado e que se masturbar é coisa de mulher que não tem outras pretenções além do sexo.

Portanto se ela se recusa a se tocar, cabe a você, homem que quer proporcionar o orgasmo a ela, mostrar-lhe como é gostoso se conhecer. E é pra dar uma forcinha a você a acabar com esses duas “causas de não orgasmo” que vou narrar uma possível noite de sucesso, mas para isso, você homem, vai precisar de tempo e programação.

Pra começar você não precisa dizer pra ela quais são suas intensões, isto só aumentaria a ansiedade, o ideal é que ela não saiba, que pareça natural.

Tenha tempo

Esteja certo de que vocês dois estaram com tempo suficiente livre, cerca de 3 a 5 horas, pra ninguém ficar preocupado com horário ou compromissos (é claro que o tempo varia isto aqui é só uma hipótese).

Escolha um lugar

Encontre um lugar onde a chance de alguém incomodar sejam nulas, um bom motel é uma boa pedida nesta hora, uma chácara ou mesmo um hotel também valem, nada de carro ou casas de amigos e parentes. A não ser que ela seja do orgasmotipo aventureira que sente prazer ao correr riscos.

Sem frescurinhas

Não precisa usar de petrechos, óleos, flores, velas, nada disso, a única coisa realmente necessária é a sua disposição em deixá-la relaxada.

Fale que hoje você quer conhecer e desfrutar de cada parte do corpo dela, comece acariciando os cabelos, olhando no olho, falando no ouvido, dando uns beijos sensuais mas não exagerados (nada de enfiar a língua na garganta dela), passe a mensagem de que o importante ali naquela hora não é o sexo e sim dar prazer a ela, tente deixa-la segura e concentrada nos seus atos.

Esses passos acima acabam com o primeiro problema citado.

Apartir dai, vá deixando as coisas rolarem, sutilmente levando a mão pelos seios dela, barriga e vagina, comece com carícias de leve, como se antes você nunca tivesse tocado uma vagina e devagar e suavemente vá explorando todos os  lugares, sexo oral ajuda muito também, mas acredito que surta mais efeito se começar pelo toque e depois surpreender com oral.

Através da respiração e expressão facial você vai perceber se está agradando ou não.

Se ela não gozar neste dia, não fique desapontado, pois  deixando ela à vontade vai melhorar o sexo consideravelmente e o orgasmo vem de consequência.

Citei estes “passos” pois acredito que funciona com aquelas que nunca gozaram antes e também com aquela peguete que você faz de tudo mas não consegue faze-la gozar.

Fico feliz de saber que cada vez mais os homens vem se preocupando em satisfazer as mulheres e tomando consciência de que é oferecendo prazer que temos mais prazer.

That’s all folks.

See you later, guys.

Acid Girl

Deixe seu comentário