Testosterona Entrevista: Pietra Príncipe

Por: Edu | Em: Entrevista | 21 de agosto de 2010

Essa é a nova sessão do Testosterona. A ideia é conversamos com pessoas (preferencialmente mulheres, lindas e gostosas) que possam dar opinião sobre os assuntos que mais abordamos aqui no blog. Pra começar em grande estilo fomos atrás (no bom sentido) da apresentadora Pietra Príncipe, que nesse papo ela fala sobre sexo à 3, sobre seu ensaio no Paparazzo e dá dicas de como cantar uma mulher, entre outros assuntos picantes.

Pietra Príncipe, é caricoca, tem 28 anos, é formada em Design de Moda, trabalha como maquiadora é uma das apresentadoras do programa Papo Calcinha, que vai ao ar no Canal Multishow.

Pietra, você acha que existe muito preconceito com mulheres que falam abertamente sobre sexo?

Sim, ainda há muito preconceito em relação às mulheres que falam abertamente sobre sexo, ainda mais na tv. Causa muito impacto e muita polêmica. O irônico é que se pode mostrar (como no caso das dançarinas, assistentes de palco rebolativas e caladas), mas falar apavora. Mas a polêmica é válida, pois faz as pessoas pensarem, coisa cada vez mais rara.

Há quem diga que ainda vivemos numa sociedade machista. Você acha que as mulheres já conquistaram o seu espaço ou ainda falta muita coisa pra isso?

As mulheres obtiveram muitas conquistas, mas definitivamente ainda falta. Para muitas pessoas, inclusive do sexo feminino, as mulheres que sentem prazer em ter uma vida sexual ativa e tem consciência disso, são consideradas vulgares e de menor valor moral. É um falso feminismo. Queimar soutiens foi válido no passado, mas hoje eu aconselharia queimar as calcinhas beges e assumir que mulher gosta de sexo sim, e muito, e deve ter sempre uma (ou várias) camisinhas na bolsa, sem que isso nos desmereça.

E como você se sente falando sobre sexo em rede nacional?

Eu me sinto ótima falando sobre sexo em rede nacional… É tão natural pra mim! Além disso, nossa equipe no Papo Calcinha é formada quase toda de mulheres, sendo exceção apenas os eletricistas Toquinho (com duplo sentido, por favor) e Enrique. É como estar na casa de amigas, bebendo uns drinks e falando do que já é assunto normalmente. E posso revelar que o quê vocês assistem editadinho no programa é “vanilla” perto do que conversamos nos bastidores… Risos.

Continue lendo…

E o feedback dos telespectadore? Vocês recebem no programa mais emails de homens, mulheres ou ambos?

À priore achávamos que nosso público era mais feminino, mas pesquisas mostraram que 63% da audiência é masculina. E olha que raridade, são MULHERES FALANDO e HOMENS CURTINDO ESCUTAR! rs Mas o feedback é 50/50, no nosso blog recebemos dúvidas de ambos, muitas vezes casais, todos com vontade de melhorar suas vidas sexuais! E na rua, os homens vem envergonhados, quase clandestinos, dizendo que assistem e gostam. Já as mulheres se sentem íntimas e contam tuuudo.

E vocês já receberam alguma história muito engraçada?

Na verdade só recebemos histórias via blog, e mais em forma de perguntas. Uma vez recebi de uma menina que queria fazer sexo anal, mas tinha medo de ser “nojento” e pedia dicas de métodos de higiene… Pensei, ok: ”Enfim alguém conseguiu me deixar sem graça…” Mas fui lá e respondi, né? O mais engraçado foi tentar fazer isso de uma forma delicada. Se não consegui, cheguei perto.

Você fez uma sessão de fotos pro Paparazzo, que inclusive saiu hoje [Confira aqui] Como foi a sessão de fotos? Você tem esse lado exibicionista aflorado?

A sessão foi ótima! O ensaio foi em Itacoatiara e a praia não estava vazia… E eu lá, de lingerie… Então, como leonina que sou, acho que sou beeem exibicionista, confesso.  E pra quem for conferir agora, terá uma surpresa: não estou sozinha em todas as fotos! Posso dizer que será uma grata surpresa e que minha ‘dupla’ no ensaio ficou numa animação ímpar, visto que divide com vocês o gosto por mulheres, principalmente loiras, hahaha!

Aproveitando que estamos falando de exibicionismo, você já fez sexo com outras pessoas assistindo?

Eu já fiz sexo com outras pessoas assistindo, mas foi sem perceber… foi em Búzios, num revéillon… Transei com um menino nas pedras longe da festa em que estava, achando que estava bem “escondidinha”, e depois vieram me parabenizar pela “performance.” Fiquei com vergonha mas relaxei… Pelo menos eu gozei. Isso é o mímimo.

Cantada infalível existe? Ou só quando a mulher realmente já está afim do cara?

Cantada infalível definitivamente não existe. Essa é uma parte onde as mulheres comandam. Se estamos a fim, fingimos que caímos na cantada e quem caiu foi você, meu amigo. Provavelmente já estávamos dando mole atéee vocês entenderem. Vocês se acham rápidos, mas muitas vezes são um processo lento e burocrático.

O que você acha de sexo no primeiro encontro?

Sexo no primeiro encontro? Eu gosto e já fiz várias vezes. Com a maioria dos meus namorados foi assim. E se o cara pensar ou falar coisas ruins sobre mim depois, eu que perco o interesse.

Nós aqui no blog estamos sempre criticando namoradas grudentas, cheia de frescura e não me toque. Pra você, quais os piores tipos de comportamento que as mulheres podem ter?

Ok, vou defender um pouco as mulheres: Existe diferença entre grudenta e carinhosa. A grudenta é aquela que extrapola os limites, aparece sem avisar no seu trabalho e NEM AO MENOS ESTÁ DE CINTA LIGA E MEIA ARRASTÃO. A carinhosa faz cafuné na sua cabeça de cima depois de uma noite de sexo “dirrrty”… Mas os piores tipos de comportamento que podem existir são:

Falsa puritana, aquela que diz que já ‘deu’ pra três antes de você e que todos eram namorados (aham, senta LÁ.), a interesseira, que só sente tesão quando tem dinheiro envolvido, acho frígidas e mau caráter. E a que não é ‘parceira’. Parceria é fundamental, na cama e nas coisas cotidianas, tipo sair pra tomar um porre juntos ou algum compromisso chato de família. Tem que valer pra tudo.

E que tipo de comportamento da parte dos homens que conta contra ele na hora de conquistar uma mulher?

Hum, cantadas genéricas… São as piores! O cara chega em você do mesmo jeito que chegou na sua irmã no outro sábado na boate. FOCO! Por exemplo. Não custa nada prestar atenção numa particularidade da mulher, mesmo que não seja verdade. E falar sobre dinheiro também é fator proibido, cafonérrimo e brochante. Contar vantagem e conquistas anteriores também é o fim pra mim. Ah! E pedir um beijo… Beija logo, ué! Melhor ficar com cara de idiota tentando beijar que dizer: “adoraria te dar um beijo”… é tão Don Juan da esquina!!!

Num episódio do papo calcinha, você diz que já vez sexo a 3. O que você achou de mais interessante na experiência?

Sabia que você ia perguntar isso… O melhor do sexo á 3 é ter o dobro de opções de prazer à sua mercê…Fora a sensação de proporcionar esse momento pra um namorado, como foi no meu caso, é muito interessante. Você fica com vontade de mandar criar uma plaquinha com as inscrições: Pietra, prêmio de melhor namorada do mundo ad eternum. rs

O que você não faria em hipótese alguma dentro de 4 paredes? Ou entre 4 paredes vale tudo?

Não transaria com dois homens ao mesmo tempo! Impossível! De resto, não diria que vale tudo, mas VALE MUITA COISA!

Essa é inevitável. Tamanho é documento?

Tá bom, vou ser o mais sincera possível! Sim, é documento! Mas às vezes você precisa de mais que um documento pra entrar na b…oate! Precisa de atitude e, digamos, dureza!

Mulher prefere homem bonzinho ou cafajeste?


Vou falar por mim: Quase sempre sou atraída pelos com cara de bonzinho, aquele esquisitinho mesmo, e penso: “vou perverter este ser humano”… Mas depois de um tempo você descobre que era um cafajeste, e que outras mulheres tiveram essa sacada de “pegar” o coitadinho achando que não teriam concorrência. Então, bonzinho ou cafajeste, eu fico com os que entenderem minhas piadas, e me pegarem com vontade, já tá bom demais.

Sexo bom é?

Sexo bom é sexo com vontade, consciência, sem vergonha nenhuma, intenso, hardcore, de preferência a noite toda numa cama confortável. Bem, esse é um sexo excelente… Sexo bom é… sexo!

É normal casais que estão há um certo tempo juntos reclamando da rotina. O que eles podem fazer pra dar aquela reascendida no relacionamento?

Olha, rotina é inevitável mesmo. A melhor coisa que um homem pode fazer pra deixar a mulher com aquele tesão de começo de relacionamento é surpreender… Não com presentes, mas com um beijo na boca demorado, uma ida à um motel que nunca foram, pra mudar o ambiente, DESLIGAR UM POUCO A TELEVISÃO, dizer o quanto à deseja. (e que seja MUITO!) Já as mulheres deveriam investir em lingeries lindas e saltos altíssimos de vez em quando e brincar de “essa noite pode tudo que você quiser”… Isso costuma funcionar pra mim…

Hoje em dia, parece que o lado sexual dos jovens está aparecendo cada vez mais cedo. Você acha isso saudável?

Concordo que esteja aparecendo mais cedo apenas no âmbito ”visual”. Acho que a descoberta da sexualidade sempre começou cedo, mas talvez agora esteja exacerbada por conta da internet. Essa falta de limite é complicada e o controle, quase impossível. Na minha adolescência eu não tinha elementos pornográficos pra estimular uma masturbação, por exemplo.(risos) Mas isso foi bom pra minha imaginação ficar bem fértil. Se hoje você liga o computador e já tem tudo pronto, isso pode deixar os jovens preguiçosos de tentar uma coisa, digamos, mais palpável na rua. Se bem que antes da minha ‘tenra’ idade já existia Carlos Zéfiro, por exemplo… Mas as meninas não podiam comprar, hehe.

Agradecemos a entrevista. Desejamos cada vez mais sucesso com o Papo Calcinha e esperamos você na Playboy também. O espaço é todo seu:

Obrigada à você Edu seu lindo! E obrigada à todos que assistem o Papo Calcinha e se divertem conosco! (ou nos homenageiam, acho digno.) É TODO DIA, 23:30 NO MULTISHOW! Aos sábados tem reprise dos melhores momentos e dura meia hora!

E sobre revistas, como a Playboy, quem sabe, né? Vamos ver o que acontece… ;-) Beijos!

Deixe seu comentário