• Elvis, Queen e Amy Winehouse: 3 tributos para curtir em São Paulo

    Por: | Em: Música, Testosterona Indica | 28 de setembro de 2016

    Sabemos que nossos ídolos não vivem pra sempre, mas é triste gostar de um cantor ou banda e saber que não veremos mais shows deles ao vivo. E quando gostamos dos que sequer são do “nosso tempo”? Para isso os covers e tributos ajudam a dar aquela disfarçada na saudade e simulam um pouquinho daquilo que seria o que você não pode ver.

    Eles são insubstituíveis, é claro, mas são lindas as homenagens que fazem os artistas que os representam. Este semestre, São Paulo conta com alguns tributos muito especiais. Os preços são acessíveis e a emoção é garantida. Dá uma olhada na agenda dos shows e programe-se!

    Back To Amy – setembro, outubro e novembro

    O Tributo Back to Amy celebra o sucesso estrondoso da cantora britânica Amy Winehouse, que continua no gosto das gerações atuais. Com o cenário idêntico ao original Back to Black, o tributo é liderado por Bruna Góes, que canta ao lado da banda completa, com direito a performance dos backing vocals no palco.

    Bruna dá voz aos grandes sucessos da Amy, desde “Back to Black”, “Valerie”, “Rehab”, até as inéditas de seu álbum póstumo, intitulado “Lioness: Hidden Treasures”. Para além dos números e estatísticas, toda essa potência de Amy Winehouse permanece viva e latente por todo o mundo por meio de suas músicas que conquistaram os públicos mais diversos.

    Data: 30 de setembro, 01, 02, 07, 08 e 09 de outubro e 11, 12 e 13 de novembro
    Horário: 21h30 (sexta e sábado) e 20h (domingo)
    Local: Teatro das Artes
    Endereço: Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros (3º piso Shopping Eldorado)
    Valores: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
    Ingressos online: www.ingresso.com

    Mark Rio & Elvis Tribute Band – 15 e 16 de outubro

    Sucessos como “Suspicious Minds”, “Love me Tender” e “Always On My Mind” poderão ser relembrados pela voz e interpretação de Mark Rio, considerado o melhor artista em tributo a Elvis da América Latina e um dos melhores do mundo pela BBC de Londres.

    O show Mark Rio & Elvis Tribute Band utiliza réplicas oficiais do figurino, joias e violão utilizados por Elvis nos anos 70, quando estava no auge de sua carreira com performances clássicas em Las Vegas. Elvis Presley é considerado um dos mais populares artistas da música de todos os tempos e ficou eternizado pela voz e seu jeito de dançar.

    Mark Rio é o único da América Latina selecionado para participar do maior concurso de Elvis do mundo, “The World’s Greatest Elvis”, promovido pela BBC de Londres, e também possui sete títulos internacionais. Ele já fez show em vários lugares como Estados Unidos, Canadá, Inglaterra e América Latina.

    Data: 15 e 16 de outubro
    Horário: 21h30 (sábado) e 20h (domingo)
    Local: Teatro das Artes
    Endereço: Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros (3º piso Shopping Eldorado)
    Valores: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)
    Ingressos online: www.ingresso.com

    Queen Tribute Brazil – 21 de outubro

    A Queen Tribute Brazil foi formada por músicos que iniciaram cover de Queen no Brasil, em 1991, com apoio da gravadora EMI e de fãs clubes. A banda relembra com qualidade musical e visual a performance dos grandes clássicos que entraram para a história do rock como “Bohemian Rapsody”, “Love of my life”, “We will rock you”, “We are the champions” e muito mais.

    Adauto Lopes comanda o vocal ao lado da banda formada por Reinaldo Kramer (bateria e backing vocal), Cícero Adnei (teclados e backing vocal), Danilo Bellintani (baixo) e Maurity Bernardes (guitarra e backing vocal).

    Data: 21 de outubro
    Horário: 21h30
    Local: Teatro das Artes
    Endereço: Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros (3º piso Shopping Eldorado)
    Valores: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
    Ingressos online: www.ingresso.com

     

  • 7 astros do rock que aprontaram e foram pra cadeia

    Por: | Em: Música | 13 de setembro de 2016

    Música, atitude, rebeldia. O rock desde sempre esteve atrelado a comportamentos exagerados de músicos e fãs. De certa forma, o rock ainda é uma música de protesto, ou pelo menos algumas vertentes dele, estão constantemente questionando as autoridades, as regras de conduta e tudo mais. Dezenas de músicos são famosos não só por sua música, mas pelas encrencas que arrumam, sejam brigas, embriaguez, perturbação da ordem pública, excesso de drogas, ou simplesmente um comportamento violento em cima do palco ou fora dele.Selecionamos algumas fotos de histórias de 7 astros do rock que já foram presos ou fichados na polícia. Confira:

    Mick Jagger
    jagger-preso

    Mick Jagger foi preso por posse de narcóticos, aos 23 anos. Ele foi pego depois que a polícia recebeu uma denúncia e invadiu a casa de Keith Richards, seu companheiro de banda. Ambos foram presos. Jagger, fotografado em uma cadeia de Brixton, passou algumas noites em custódia antes de pagar fiança.

     

    Jim Morrison
    morisson-preso

    Em dezembro de 1967 o The Doors estava prestes a fazer um show em New Haven. Como de costume, antes de entrar no palco, Jim estava agarrando uma menina nos camarins. Não sabe exatamente o que eles estavam fazendo, mas no meio do bem-bom um policial entrou na sala onde eles estavam e mandou eles saírem. Jim retrucou e o policial encheu a cara dele de gás lacrimogêneo. O cantor ficou enlouquecido, o show atrasou um monte e, quando finalmente subiu ao palco, Jim começou a contar uma história no meio de “Back Door Man” que falava sobre “um homemzinho azul, com seu chapéuzinho azul”. Não demorou pra que a polícia que se irritasse, subisse em cima do palco e levasse Jim Morrison preso ali mesmo, no meio do show. Isso gerou uma confusão enorme na plateia e outras 13 pessoas foram presas. Jim foi acusado de incitar a revolta, indecência e obscenidade pública, mas todas as acusações acabaram sendo retiradas.

     

    Ozzy Osbourne
    ozzy-preso

    Ozzy enfrentou alguns problemas com a justiça durante a sua vida. O primeiro deles foi na adolescência, quando ele foi detido por furtar um loja de roupas. Ele poderia ter evitado a prisão se tivesse pago uma fiança. Mas seu pai se recusou a dar o dinheiro, alegando que o jovem precisava aprender uma lição. Ozzy então passou seis meses num reformatório. Ele conta que, na ocasião, prometeu ao pai nunca mais voltar para a cadeia, entretanto, Ozzy foi preso por policiais de Memphis em maio de 1984 por bebedeira. De acordo com o relatório da polícia, Ozzy estava “cambaleando de bêbado” quando foi pego na Beale Street.

     

    Jimi Hendrix

    morisson-preso

    O guitarrista foi preso no aeroporto internacional de Toronto em maio de 1969 após inspetores da alfândega encontrarem heroína e haxixe em sua bagagem. Hendrix, que alegou que as drogas haviam sido colocadas em sua mala por um fã sem o seu conhecimento, acabou sendo inocentado das acusações. Algum tempo depois, na Suécia, um hóspede que estava no andar de baixo ao de Hendrix no Hotel Opalen,  reclamou com o recepcionista noturno sobre a balburdia no quarto acima, e quando este entrou no recinto, descobriu Hendrix deitado na cama em uma piscina de sangue e o quarto totalmente destruído. O guitarrista tinha quebrado a janela e machucado sua mão enquanto destruía o quarto em uma fúria cheia de álcool e drogas. Ele foi preso e transportado ao hospital para tratamento após a polícia ser chamada à cena.

    continue lendo…

  • 9 festivais e shows de rock que vão agitar o Brasil até o final do ano

    Por: | Em: Música | 25 de agosto de 2016

    Mesmo com a alta do dólar e a crise no Brasil, o rock segue firme e forte como um dos gêneros musicais com os fãs mais fiéis, que lotam estádios e fazem de tudo pra ver a sua banda preferida. Separamos 9 festivais e shows de rock que vão rolar aqui no Brasil até o final do ano, e tem banda pra tudo quanto é gosto, de hard rock, punk rock, gothic rock, metal, e rock alternativo. Os Destaques são: Guns n’ Roses, Aerosmith, Black Sabbath, Offspring, Rammstein e Scorpions. Veja a lista completa:

    SCORPIONS

    scorpions
    São Paulo: 01/09 – 03/09 e 04/09 – Citibank Hall
    Fortaleza:  08/09 – Arena CFO
    Rio de Janeiro: 10/09 – Metropolitan
    Mais informações

     

    ROCK STATION (Offspring, Dead Kennedys, Anti Flag e Dona Cislene)

    rock-station
    São Paulo: 01/09 – Espaço das Américas
    Mais informações

    MAXIMUS FESTIVAL (Rammstein, Marilyn Manson, Disturbed, Bullet for my Valentine, Halestorm, Hellyeah, Shinedown e mais…)

    maximus_festival_2016
    São Paulo: 07/09 – Interlagos
    Mais informações

    continue lendo…

  • Alice in Chains convida o humorista Warley Santana para abrir show nos EUA

    Por: | Em: Música | 31 de julho de 2016

    O humorista brasileiro Warley Santana, que ficou conhecido durante sua participação no programa CQC, foi convidado para abrir o show do Alice in Chains nos EUA. O encontro de Warley com Sean Kinney, baterista da banda, aconteceu por acaso nas ruas de Cincinnati, em Ohio.

    No evento, Warley fez um número de ventriloquia com o seu boneco, Plínio. O número de stand up ganhou algumas brincadeiras com músicas da própria banda. E é claro que a clássica “Man in the box” virou trocadilho quando Warley tirou o seu “homem da caixa”.

    O brasileiro estava na cidade para representar o Brasil na convenção mundial de ventríloquos, a Vent Haven. Ele é o único da América do Sul a participar do evento, que completou 40 anos de existência em 2016.

     

    Veja o vídeo completo:

  • Mais vale um copo na mão do que um sinal de wifi – veja o clipe da banda Mama Feet

    Por: | Em: Música | 23 de julho de 2016

    A animação do clipe “Fogo de Palha” (ou “Lightfire”) é primeiro lançamento do disco de estreia da banda tijucana Mama Feet, e mostra as aventuras de um homem que deixa o campo em direção à cidade cheio de expectativas.

    Durante um happy hour do trabalho, percebe que a galera aproveita o momento de um jeito muito estranho – no celular. E ele é uma pessoa que, pasmem, prefere um copo na mão a um WiFi. Esse personagem tem a ousadia de, veja só você, usar a antena de um roteador para mexer seu drink!

    Mama Feet - clipe Fogo de Palha - Lightfire

    O grupo formado por Fey e Mylo Samp (vocalistas e guitarristas), Tynho Campo Grande (baixo) e Tommy Lee Dick (bateria) tem como uma de suas características compor e gravar faixas em português e inglês, mas não por causa do mercado, conforme avisa Fey Samp, “Não teve nada a ver com mercado. Teve a ver com o fato de que nós crescemos ouvindo rock cantado em inglês”.

    Também não se trata de uma tradução. A ideia, segundo a banda, não se trata de uma tradução, mas sim, contar uma história que se complementa na narrativa bilíngue. O álbum Brazilian Democracy (2016) é composto por 28 músicas, metade em inglês, metade em português. 

  • Playlists para ouvir antes, durante e depois do sexo

    Por: | Em: Música, Sexo | 19 de julho de 2016

    Porque aqui a gente entrega o serviço completo ou seu dinheiro de volta! Como é tradição, gostamos de dividir nossas trilhas sonoras com vocês para vários momentos, e não seria diferente com as playlists para sexo.

    Nosso perfil no Spotify tem opções para vários momentos da vida (desde o esquenta para a balada,  jogatina de poker até para fugir do Carnaval). E reunimos aqui algumas ótimas sugestões de parceiros para você acompanhar também.

    playlist-sexo

    ANTES DO SEXO

    Nosso editor Eduardo Mendes apostou em outro apelo para montar sua playlist: “Ela é mais para um momento relaxante, a dois, um jantar, ou para ouvir no carro enquanto sai com a sua companhia”, explica. Para montar, ele conta que selecionou músicas mais lentas e românticas, algumas mais antigas, outras mais atuais, mas com “aquela pegada da sedução”.

    DURANTE O SEXO

    A redação do site Catraca Livre também fez sua parte para ajudar você. Eles criaram uma playlist com quase duas horas de músicas para a “hora H”: “E você sabe muito bem do que estamos falando”, diz a descrição dela.

    continue lendo…