//Notícias

  • Estudo revela a posição sexual mais perigosa na cama

    Por: Edu | Em: Notícias, Sexo | 28 de junho de 2015

    Homens, fiquem atentos: uma pesquisa divulgada no jornal Advances in Urology revela que metade das fraturas penianas acontece quando as mulheres ficam por cima durante uma relação sexual. No estudo, foram analisados o caso de 44 homens em três hospitais no estado de São Paulo, num período de 13 anos.

    Um dos motivos é o fato de a mulher controlar o pênis com todo o peso de seu corpo, o que torna complicada a tarefa de interromper a penetração se alguma coisa sair fora do planejado. O estudo ainda afirma que a posição mais segura para os homens é a do “missionário”, quando ele está por cima da mulher.

    sexo

  • Ciência explica porque mulheres postam foto fazendo biquinho

    Por: Edu | Em: Notícias | 26 de junho de 2015

    duckface1
    Cientistas sugerem que a escolha de fotos para aplicativos de encontros e a escolha dos parceiros por meio destes aplicativos depende muito mais de instintos primitivos do que de decisões racionais. E estas decisões instintivas podem ajudar explicar os selfies com biquinhos, as fotos feitas com taças de bebidas caras, e a razão de alguns homens agirem como bobos quando finalmente arrumam parceiros.

    Segundo o pai da teoria da evolução, Charles Darwin, humanos, como todas as criaturas, competem por um parceiro adequado. Na natureza, esta competição ocasionalmente envolve espancamento de adversários, mas grande parte das estratégias envolve algo para impressionar possíveis parceiros. Algumas aves, morcegos, lagartos e peixes se reúnem para que os machos possam se exibir e as fêmeas possam escolher um namorado com as maiores penas ou qualquer que seja o atrativo exibido pelo animal. No entanto, não existia algo assim para os humanos até o aparecimento de aplicativos como o Tinder.

    Estes aplicativos permitem que a pessoa analise muitos possíveis parceiros de uma vez e tudo o que a pessoa tem para a analisar é uma foto. Sean Rad, um dos fundadores do Tinder, afirmou recentemente que os usuários do aplicativo “entendem as fotos em um nível profundo”. E a ciência parece concordar com esta afirmação. Cientistas afirmam que humanos são programados para achar que certos traços são atraentes. Falando diretamente: homens são atraídos pela boa aparência enquanto que as mulheres dão mais mais valor a um parceiro com recursos para compartilhar.

    “Acho que ninguém fez uma pesquisa científica no Tinder, ainda”, disse Laurie Santos, professora de Psicologia na Universidade de Yale, nos Estados Unidos. A professora nota que muitos homens mostram fotos com carros esportivos ou relógios Rolex ou fotos de férias em lugares caros, ou seja, mostram os recursos. “Nós prevemos que as mulheres no Tinder devem tentar parecer sexy, enquanto os homens precisam mostrar suas coisas”, disse. Seguindo esta linha de pensamento, homens que procuram mulheres querem que elas sejam saudáveis e consigam ter filhos. Os ancestrais pré-históricos dos humanos tinham que tentar adivinhar quem era as mais férteis: mulheres com curvas e com cinturas mais finas que os quadris eram a melhor aposta.

    duckface

    E isto parece familiar até nos dias de hoje. Muitos usuários do Tinder falam sobre o número de mulheres fotografadas com uma pose típica: mão no quadril, uma perna dobrada, tudo para aumentar a curvas. Os homens também não escapam das poses: muitos deles mostram a barriga tanquinho. Pode ser que os músculos exibidos façam com que o fotografado pareça ser um caçador de mais sucesso e, por isso, um parceiro melhor. No entanto, os homens sem braços fortes ou barriga tanquinho não precisam se desesperar. Exibir um relógio caro ou carro esportivo também serve. De acordo com especialistas, mulheres procuram recursos mais do que a aparência, para cuidar das crias.

    Ecoando o que se vê no Tinder, as mulheres pré-históricas procuravam mais um homem com uma caverna boa e quente ou um bom arco e flecha para capturar o jantar. “Você vê muitos homens em fotos com carros esportivos, relógios Rolex ou em férias caras – mostrando os recursos”, disse a professora Laurie Santos.

    Também existe uma explicação científica para as fotos de mulheres com biquinho, ou, como é chamado em inglês “duck face” (cara de pato, em tradução livre). Cientistas calculam que homens acham atraentes as mulheres de lábios carnudos e maçãs do rosto altas. Na mente humana estes traços estão ligados à juventude e altos níveis de hormônio feminino, o estrogênio.

    Garotas que fazem o biquinho ou que estão sugando um canudo nas fotos estão enviando um sinal evolucionários, dizendo aos homens que elas provavelmente são bem férteis. Os dados do aplicativo também sugerem que as mulheres são bem mais exigentes nas escolhas do que os homens, e que eles agem de uma forma idiota quando conseguem uma parceira.

    Fonte: BBC

  • Pesquisa diz que computador no trabalho e inverno estimulam a traição

    Por: Edu | Em: Notícias | 23 de junho de 2015

    traicao
    O frio do inverno e os e-mails profissionais são duas desculpas para que aqueles que estão mais propícios à infidelidade. É o que demonstra uma pesquisa do AshleyMadison.com – o maior site de encontros de pessoas comprometidas do planeta. Segundo ela, aquela pulga atrás da orelha quando o companheiro dá uma esticada no trabalho pode ter mesmo razão de ser. E, agora no inverno, a situação tende a ficar ainda mais intensa, pois os computadores da firma parecem ser os melhores cúmplices para os “puladores de cerca”.

    Os números da pesquisa mostram que, no inverno (especialmente em cidades turísticas) aumenta a preferência dos usuários por buscar casos a partir de computadores no trabalho. Isso fica evidente nos dados dos últimos três anos. Em 2012 o aumento entre junho e agosto foi de 51%, já em 2013, de 64%. No ano passado, 74% a mais de infiéis usaram o horário do expediente para procurar um “affair de inverno”.

    Outro aspecto da pesquisa, feita exclusivamente com membros brasileiros do portal, demonstra que entre 41,2% dos homens e 36,7% das mulheres usam a labuta como desculpa para um encontro. Foram ouvidos 8.397 brasileiros com idade entre 30 e 55 anos. Será que a explicação é nossa tendência natural de nos dias mais cinzas permanecermos em ambientes fechados?

    — À medida que o inverno se aproxima as pessoas mudam o olhar e começam a procurar parceiros menos distantes. Já que a prioridade está na proximidade com o local de serviço ou de casa, não surpreende esse uso dos equipamentos de trabalho. A prática ainda funciona como um excelente disfarce. Quem irá duvidar do funcionário aplicado em pleno inverno? — comenta Noel Biderman, CEO e fundador do AshleyMadison.com.

    O site possui mais de 35 milhões de cadastrados em 46 países, inclusive no Brasil – em que há mais de três milhões de usuários.

    Para sexóloga e consultora do portal, Márcia Mathias, o ‘X’ da questão é a astúcia. Quando as pessoas que desejam pular a cerca passam mais tempo trabalhando tendem a saciar seus desejos por ali mesmo.

    — Muita gente usa smartphones para jogos, e isto é mal visto, inclusive pela equipe. Na tela do computador fica mais fácil disfarçar, já que, na maioria das vezes, não há como saber se a pessoa está realmente trabalhando — esclarece a especialista.

    Fonte: Ashley Madison

  • Homem recém-divorciado, literalmente, dividiu a metade de todos os seus bens

    Por: Edu | Em: Notícias | 22 de junho de 2015

    Divorciar-se com divisão total de bens é algo que pode trazer muita briga e dor de cabeça. Além das chateações comuns do fim do relacionamento, gera uma problemática financeira desagradável. Passando por isso com raiva e, talvez, bom humor, um alemão decidiu compartilhar tudo pela metade. Literalmente.

    O homem (que deve ter ferramentas muito boas pelo ‘excelente’ trabalho no corte dos materiais) dividiu desde seu ursinho de pelúcia, cadeiras, telefone, sofá, até sua cama e o carro “bem preservado pela idade”. Depois de ter sua metade em mãos, ele ainda divulgou os produtos e colocou à venda no eBay. Veja algumas das imagens dos “produtos”.

    divorce-half-of-everything-1 divorce-half-of-everything-2 divorce-half-of-everything-3 divorce-half-of-everything-4 divorce-half-of-everything-5

  • Apresentadora tenta prever os resultados da Copa América com os seios

    Por: Edu | Em: Notícias, Vídeos | 18 de junho de 2015

    O programa venezuelano “Desnudando la noticia”, que ficou conhecido após uma apresentadora ficar nua em comemoração à vitória de sua seleção sobre a Colômbia, no último domingo, voltou a chamar a atenção do mundo. E, mais uma vez, por uma ousadia: o quadro “La Teta Teresa”, em que uma mulher cola nos seios as bandeiras de duas seleções que irão se enfrentar pela Copa América e começa a sacudi-los. A que cair primeiro, indicará o perdedor.

    O quadro ganhou popularidade fora da Venezuela após prever a vitória da Argentina sobre o Uruguai. Ao sacudir os seios, como quem dança uma música, a apresentadora “previu” o triunfo do time de Messi. Imediatamente, o noticiário argentino repercutiu a atração e a batizou de novo Polvo Paul, em referência ao animal que atuou como oráculo dos jogos da Copa de 2010.

    Assim como no clássico do futebol sul-americano, a apresentadora também acertou o empate entre México e Bolívia, quando nenhuma bandeira caiu; e o triunfo do Uruguai sobre a Jamaica. Mas nem sempre as previsões foram acertadas.

    O retrospecto do quadro também possui erros. Antes dos duelos entre Argentina e Paraguai, e Chile e México os seios da apresentadora previram vitórias de Argentina e Chile. As duas partidas terminaram empatadas.

  • Puteiro na Áustria oferece sexo grátis em protesto contra impostos

    Por: Edu | Em: Notícias, Sexo | 18 de junho de 2015

    puteiro
    Um bordel de Salzburgo, na Áustria, ofereceu bebidas e até programas grátis como protesto contra a cobrança de impostos. A promoção foi realizada pelo bordel Pascha.

    O dono Hermann Müller, que dirige outros bordéis na Alemanha e na Áustria, disse que considera injusta a tributação de quase 4 milhões de euros (R$ 14 milhões) na última década. Como as garotas de programa não iriam receber nada, Müller disse que compensaria o que elas normalmente ganham com os clientes.

    A prostituição é legal e regulamentada na Áustria.

    Fonte: Stuff.co

  • A onda do momento é a selfie com absorvente

    Por: Edu | Em: Notícias, Sexo | 16 de junho de 2015

    absorvente
    Uma nova campanha lançada para quebrar o tabu da menstruação propõe algo um tanto quanto inusitado: postar selfie com absorvente interno. Isso mesmo! A ideia da campanha #JustATampon (#SóUmAbsorvente) já está viralizando e tem vários internautas e celebridades participando.

  • Segundo pesquisa, computador no trabalho e inverno estimulam a traição

    Por: Edu | Em: Notícias, Sexo | 16 de junho de 2015

    traicao
    O frio do inverno e os e-mails profissionais são duas desculpas para que aqueles que estão mais propícios à infidelidade. É o que demonstra uma pesquisa do AshleyMadison.com – o maior site de encontros de pessoas comprometidas do planeta. Segundo ela, aquela pulga atrás da orelha quando o companheiro dá uma esticada no trabalho pode ter mesmo razão de ser. E, agora no inverno, a situação tende a ficar ainda mais intensa, pois os computadores da firma parecem ser os melhores cúmplices para os “puladores de cerca”.

    Os números da pesquisa mostram que, no inverno (especialmente em cidades turísticas) aumenta a preferência dos usuários por buscar casos a partir de computadores no trabalho. Isso fica evidente nos dados dos últimos três anos. Em 2012 o aumento entre junho e agosto foi de 51%, já em 2013, de 64%. No ano passado, 74% a mais de infiéis usaram o horário do expediente para procurar um “affair de inverno”.

    Outro aspecto da pesquisa, feita exclusivamente com membros brasileiros do portal, demonstra que entre 41,2% dos homens e 36,7% das mulheres usam a labuta como desculpa para um encontro. Foram ouvidos 8.397 brasileiros com idade entre 30 e 55 anos. Será que a explicação é nossa tendência natural de nos dias mais cinzas permanecermos em ambientes fechados?

    — À medida que o inverno se aproxima as pessoas mudam o olhar e começam a procurar parceiros menos distantes. Já que a prioridade está na proximidade com o local de serviço ou de casa, não surpreende esse uso dos equipamentos de trabalho. A prática ainda funciona como um excelente disfarce. Quem irá duvidar do funcionário aplicado em pleno inverno? — comenta Noel Biderman, CEO e fundador do AshleyMadison.com.

    O site possui mais de 35 milhões de cadastrados em 46 países, inclusive no Brasil – em que há mais de três milhões de usuários.

    Para sexóloga e consultora do portal, Márcia Mathias, o ‘X’ da questão é a astúcia. Quando as pessoas que desejam pular a cerca passam mais tempo trabalhando tendem a saciar seus desejos por ali mesmo.

    — Muita gente usa smartphones para jogos, e isto é mal visto, inclusive pela equipe. Na tela do computador fica mais fácil disfarçar, já que, na maioria das vezes, não há como saber se a pessoa está realmente trabalhando — esclarece a especialista.

    Conheça o Ashley Madison