Testosterona Corp.

Encontramos um roteiro que é quase um mapa do tesouro e precisamos dividir isso com você. A lista de cervejarias brasileiras que abrem as portas para visitantes foi feita pela Diana Figueiredo para o Extra e merece ser lida pela maior quantidade de gente possível.

Entre as recomendações iniciais para a viagem de visita, a reportagem destaca que é importante chegar cedo e, quando for o caso, reservar a entrada com antecedência. As visitas são, em sua maioria, gratuitas, e apenas maiores de 18 anos podem participar. Em algumas cervejarias os visitantes têm o privilégio de beber a cerveja praticamente do tanque.

 

“Visitar a cervejaria e conversar com um dos nossos mestres é como visitar um museu e conhecer o curador. As cervejas são como obras de arte, onde tentamos projetar em forma líquida todos os sentimentos e sentidos. Vale conhecer a cervejaria e se deixar inspirar pelas histórias, aromas, cores e sabores”, compara o mestre-cervejeiro e dono da Wäls, José Felipe Carneiro.

 

Veja onde beber direto da fábrica:

Bodebrown (Curitiba, Paraná)

A cervejaria Bodebrown, famosa pelos sabores diferentes, abre a fábrica todas as sextas-feiras para visitação gratuita. Na sexta à noite, das 17h às 20h, e aos sábados, das 9h às 13h, a fábrica promove o Growler Day. O evento celebra a cada edição uma cerveja diferente, para venda no growler ao preço de R$ 20 o litro. O público também pode comprar, pelo mesmo preço, outros rótulos da Bode e de cervejarias convidadas num contêiner de autoatendimento, por meio de cartões pré-pagos. A Bodebrown fica na R. Carlos de Laet, 1015, Hauer. O telefone é (41) 3276-1560.

Bohemia (Petrópolis, RJ)

A primeira cervejaria do Brasil fica em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, e abre as portas de terça-feira a domingo. Há um tour interativo que conta a história da cerveja e da cervejaria. O ingresso custa R$ 32. Idosos, estudantes e moradores de Petrópolis pagam meia. O funcionamento de terça a quinta-feira é das 13h às 16h30; às sextas-feiras das 10h às 16h30 e nos finais de semana e feriados das 10h às 18h30. No local há também um restaurante com várias opções de comida para harmonização. O telefone é (24) 2020-9050, e o endereço Rua Alfredo Pachá, 166, Centro, Petrópolis.

Colorado (Ribeirão Preto, SP)

A cervejaria artesanal Colorado abre as portas aos sábados e, para a visita, é preciso preencher um formulário no site da empresa. As inscrições devem ser feitas até a quarta-feira anterior ao sábado pretendido, e o visitante precisa chegar às 8h40 para a visita às 9h da manhã. É cobrado R$ 20 por pessoa, e como brinde o visitante recebe uma caldereta, um adesivo e uma bolacha de chopp. Além disso, há a degustação de cinco cervejas. A fábrica fica na Rodovia Anhanguera, Km 308.

 

Wäls (Belo Horizonte, MG)

A cervejaria mineira, considerada uma das melhores do Brasil, abre as portas para visita todos os sábados. Os visitantes podem visitar o bar, chamado de Tasting room e, ainda, fazer um tour gratuito pela fábrica. O mestre cervejeiro explica sobre a fabricação e tira dúvidas dos amantes da bebida. As visitas ocorrem aos sábados, das 11h às 17h. O endereço é rua Padre Leopoldo Mertens, 1460 São Francisco (região da Pampulha), Belo Horizonte.

Itaipava (Petrópolis/Teresópolis, RJ)

O Grupo Petrópolis, das cervejas Itaipava e Crystal, tem dois endereços para o tour cervejeiro gratuito. O visitante pode escolher entre a Fábrica de Petrópolis e a de Teresópolis. A primeira fica na Rua Trajano de Paula Filho, 199, Pedro do Rio, Petrópolis. O tour acontece de terça a quinta-feira às 15h; sexta-feira às 11h e 15h e sábado às 9h30, 13h e 15h. Os interessados devem ligar para (24) 2103-8000 ou 2223-9000. Já para a fábrica de Teresópolis, o endereço é R 116, Km50, Serra do Capim, Teresópolis. O tour acontece de segunda-feira a sábado, às 9h e às 12h30. O telefone para contato é o (21) 2741-4500.