Se depender da torcida do Cerro Porteño, o prêmio Puskás já tem dono neste ano, o Cerro está no mesmo grupo do Grêmio na Libertadores deste ano e não está para brincadeira!

O camisa 4, Novick, foi autor de uma proeza no jogo válido pelo Apertura do campeonato paraguaio, vindo em extrema velocidade Hérnan Novick recebeu um belo passe do camisa 10 do time e sem parar para respirar ele aplicou uma caneta desconcertante em um adversário para depois concluir para o gol com um chute de primeira, a velocidade e técnica apresentadas no lance podem não valer o prêmio 2018 mas já é figura certa em qualquer discussão sobre os gols mais bonitos do ano!

Veja o lance:

 

Vale lembrar que um dos nossos representantes faturou o prêmio em 2015 e hoje é jogador profissional de Fifa, lembram do Wendell Lira?

E pra você amigo leitor, qual foi o gol mais bonito até agora?

 

Leia também