Descubra o que as garotas do Testosterona CAM estão fazendo agora - 24 horas online

Uma das lembranças mais legais da minha infância é acordar cedo no domingo, correr na padaria pra comprar pão e voltar pra assistir a Fórmula 1 ao lado do meu pai. E assim como boa parte da minha geração, Ayrton Senna me fez gostar de F1. Depois da trágica morte do nosso ídolo, ainda acompanhei por muito tempo outro gênio, Michael Schumacher, mas confesso que depois dele, meu entusiasmo foi reduzido e hoje em dia eu não acompanho mais o esporte tão de perto, me limitando a assistir a uma corrida ou outra quando acordo e não tem um jogo legal de futebol passando.

Apesar disso, assim como muitos de vocês, eu sempre quis saber como eram os bastidores da Fórmula 1, a preparação dos pilotos, conhecer os boxes, e principalmente, andar pelo Paddock, sentir aquele cheiro de pneu queimado e respirar o clima da F1 de perto. Quando recebemos um e-mail da assessoria de imprensa da Williams Martini Racing pra passar um dia andando pelo Paddock, eu nem pensei duas vezes, peguei minha câmera e fui pra Interlagos com a intenção de registrar tudo.

A entrada e credenciamento pra esta parte do autódromo é rigorosamente controlada e você ganha um crachá com seu nome e foto, que registra sua entrada e saída, afinal, você estará literalmente do lado dos protagonistas do evento.

Acompanhar os treinos e a corrida de dentro do paddock é algo completamente diferente de sentar na arquibancada e esperar os carros passarem. Ali naquela área mais do que vip, você se depara com pessoas do mundo todo, jornalistas, mecânicos, diretores de equipe, patrocinadores, e obviamente os donos da festa, os pilotos. Enquanto estive por lá, tive a oportunidade de acompanhar de pertinho por exemplo o almoço descontraído de Felipe Massa ao lado do seu irmão e amigos dentro da sala da Williams.

Enquanto os pilotos estavam nas pistas, pela área do Paddock vimos por exemplo o ex campeão mundial Emerson Fittipaldi passeando, a equipe da Globo com Reginaldo Leme e Luciano Burti gravando material pra ser exibido posteriormente, além diversas outras equipes de imprensa também fazendo reportagens pros seus respectivos veículos de comunicação. Mecânicos e membros das equipes conversando e trabalhando tranquilamente, e alguns poucos curiosos que como nós estavam lá a convite de alguém, olhando tudo atentamente. Como apenas descrever a experiência não é suficiente. Registrei o que eu consegui e fiz um pequeno compilado com as imagens, que vocês podem conferir no vídeo a seguir:

f1-1 f1-2 f1-3 f1-4 f1-5