Muito do que Ibrahimovic representa hoje em dia no futebol mundial se deve um jogo pelo Campeonato Holandês em 22 de agosto de 2004.

Não foi um jogo qualquer, diga-se. Ainda brigando por um lugar no time titular do Ajax, Ibra precisou de alguns segundos com a bola no pé para mostrar que era um cara diferente.

Jogo ganho contra o NAC Breda, em Amsterdã, mas faltava algo. Foi quando Ibra recebeu a bola pouco depois do meio campo. Primeiro, ele ganhou uma dividida com o zagueiro rival. Na sequência, driblou nada menos que cinco jogadores de amarelo e preto, incluindo o goleiro, para marcar um gol antológico.

No dia seguinte ao feito, jornais de toda a Europa ensandeciam o camisa 9 do Ajax. Justamente.

O gol de Ibra tem de tudo: força, habilidade, controle de bola e frieza. Lembrou, e muito, os gols de Ronaldo, de quem o sueco é fã declarado.