Josh Gordon jogou 35 jogos na NFL. Antes disso, foram 17 partidas na faculdade. Ao todo 52 partidas em alto nível de performance e outras coisas.

O receptor Cleveland Browns, que foi reintegrado na semana passada após quase três anos de distância da NFL, abriu o jogo sobre os problemas de abuso de substâncias que ameaçaram sua carreira. “Todos os jogos. Provavelmente todos os jogos da minha carreira”, disse quando perguntado com que frequência se envolveu no que ele chamou de “ritual”.


“Eu costumava fazer um ritual antes de cada jogo. Se eu já tivesse um teste antidoping na semana, ou no dia anterior ao jogo, eu sabia que tinha alguns dias para limpar meu organismo”.

Maconha, whisky e licor

O wide receiver do Cleveland Browns deixou claro que seu pré-jogo tinha muita variedade. Desde um bong, whisky e o seu favorito era o licor Grand Marnier. “Para que o motor funcionasse”.

Esse ritual teve início ainda no Ensino Médio, quando usava Xanax, codeína e outras ervas “para ajudar a adormecer os merdas, para poder seguir a vida cotidiana”.

Essa automedicação piorou à medida que envelheceu, diz Gordon. E logo deu lugar à imprudência. Em 2016, parecia que ele estava se juntando ao amigo Johnny Manziel na pilha de jogadores da NFL que desperdiçaram um bom potencial.


Não se engane, pois ele tentou diversas vezes ficar sóbrio, mas nunca conseguiu manter. Gordon diz que é porque ele estava fazendo isso por razões erradas. “Seria para publicidade, para outra pessoa ou para o treinador”. Na última vez, eu queria fazê-lo para salvar minha carreira. Apenas para o trabalho “, disse ele.

Mas desta vez ele faz por si próprio e acredita voltar a jogar em alto nível. Os Browns esperam que ele esteja falando sério. Há quatro anos, Gordon foi o melhor jogador da equipe, com 87 recepções para 1.646 jardas e 9 touchdowns, isso fazendo os rituais, imagine sem?

Josh não joga desde 2014, mas aparentemente o Browns não joga há um bom tempo também. A equipe perdeu todos os 8 jogos desta temporada e se somar o retrospecto desde ano passado são 23 derrotas em 24 jogos.

2.244

Leia também