Testosterona CAM - 24 horas online.

messi-bola-de-ouro
O camisa 10 do Barça já havia conquistado o troféu em 2009, 2010, 2011 e 2012, abrindo dois de vantagem para Zinedine Zidane (1998, 2000 e 2003), Ronaldo (1996, 1997 e 2002) e Cristiano Ronaldo (2008, 2013 e 2014). E, pela quinta vez, Messi ganhou a Bola de Ouro na tarde de segunda-feira (11), em Zurique, na Suíça, e se isolou na história.

O argentino recebeu 41,3% dos votos de técnicos, capitães e jornalistas ao redor do mundo. Cristiano Ronaldo ficou com 27,75, e Neymar recebeu 7,8% dos votos. O prêmio é conhecido mundialmente e considerado o mais importante do futebol, foi criado pela revista francesa France Football e organizado pela Fifa. Este ano, o escolhido para abrir o envelope com o resultado e entregar o prêmio foi o brasileiro Kaká.

Messi comandou o Barça na conquista da tríplice coroa no último ano (Uefa Champions League, Campeonato Espanhol e Copa do Rei) e também participou do título do Mundial de Clubes em dezembro, tendo deixado sua marca na final contra o River Plate. O argentino encerrou a temporada 2014-15 com a impressionante marca de 58 gols em 57 partidas, sendo 43 pelo Espanhol, dez pela Champions (foi o artilheiro ao lado de Neymar e Cristiano Ronaldo) e cinco na Copa do Rei.

https://twitter.com/FIFAcom/status/686621938010177536/photo/1

O GOL MAIS BONITO DE 2015 É BRASILEIRO

Wendell Lira foi o vencedor do Prêmio Puskas. O brasileiro, que marcou pelo Goianésia diante do Atlético-GO no Campeonato Goiano, recebeu a premiação com 46,7% dos votos dos fãs, que escolheram o gol mais bonito do ano pela internet. Wendell Lira superou Florenzi, da Roma e Messi, do Barcelona, que foram os outros finalistas.

MELHOR TÉCNICO DO ANO

A Fifa anunciou Luis Enrique como melhor técnico de 2015, vencedor com 31% dos votos, que já havia avisado no fim de semana que não iria comparecer à cerimônia por compromissos profissionais. Campeão do Espanhol, Copa do Rei, Champions League e Mundial Interclubes com o Barcelona, Luis Enrique desbancou Pep Guardiola, do Bayern de Munique, e Jorge Sampaoli, da seleção chilena, e foi eleito o treinador do ano.

Fair play

A Fifa também entregou o prêmio de Fair Play de 2015 para Gerald Asamoah, ex-meia do Schalke 04 e da seleção da Alemanha, por seu trabalho pelo apoio aos refugiados que foram para a Europa no último ano.

TIME IDEAL DE 2015
Com 4 brasileiros, a Fifa divulgou a lista do time ideal de 2015. Thiago Silva, Marcelo e Daniel Alves já haviam figurado na lista em anos anteriores, mas Neymar faz sua estreia entre os melhores do mundo. A lista dos

Goleiro: Manuel Neuer (Bayern de Munique)
Lateral-esquerdo: Marcelo (Real Madrid)
Zagueiro: Thiago Silva (PSG)
Zagueiro: Sergio Ramos (Real Madrid)
Lateral-direito: Daniel Alves (Barcelona)
Meia: Andrés Iniesta (Barcelona)
Meia: Luka Modric (Real Madrid)
Meia: Paul Pogba (Juventus)
Atacante: Neymar (Barcelona)
Atacante: Lionel Messi (Barcelona)
Atacante: Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

MELHOR JOGADORA DE 2015

Carli Lloyd, que marcou três gols na vitória de 5 a 2 dos Estados Unidos sobre o Japão na Copa do Mundo, sendo um deles do meio campo, foi escolhida a jogadora do ano e levou a Bola de Ouro. Foi a primeira conquista da norte-americana, que venceu com 35.28% dos votos. Essa foi a primeira edição da premiação que não contou com a presença de Marta entre as finalistas desde 2003.

FUTEBOL FEMININO: MELHOR TREINADORA

A também norte-americana Jill Ellis levou o prêmio de Melhor Treinador de Futebol Feminino de 2015. Ela conduziu a formação feminina dos EUA ao título de campeão do mundo de 2014, ao bater na final o Japão. O galês Mark Sampson, da seleção de Inglaterra e Norio Sasaki, da seleção do Japão, eram os outros candidatos.