Impossível de ser parado, impossível de ser marcado, Ronaldo Nazario foi o terror dos zagueiros e goleiros por muitos anos

A camisa nove da seleção brasileira sempre ostentou nomes de respeito, dentre eles Ronaldo fenômeno envergou como poucos a nobre amarelinha, nascido no Rio de Janeiro ele infernizava na pequena área, um tipo raro de atleta, temível na pequena área e quando vinha em velocidade conseguia fazer qualquer linha de defesa se desesperar.

 

Foram 352 gols na carreira, em 518 partidas em jogos por clubes… Essa fera representa o como poucos o espírito do brasileiro que nunca desiste, que jamais deixa uma dificuldade impedir de realizar seu maior sonho. Foram diversas lesões, operações e problemas que poderiam por fim antes do tempo na carreira do craque que buscava forças para fazer o que mais gosta, fazer gols.

 

 

Títulos? Aos montes!

Premiações? Quase todas!!

Ronaldo marcou época, Real Madrid, Milan, Corinthians, Internazionale, Barcelona, Cruzeiro e PSV foram os clubes que tiveram a honra de contar com esse gigante no clube.

O Capitão do Penta. Parabéns, #Cafu!

A post shared by Ronaldo (@ronaldo) on

 

Foram 18 anos de bom futebol nos pés e muita história pra contar, mesmo quando a braçadeira de capitão não estava em seu braço ele sabia liderar como poucos e botava moral em campo! Se liga nos prêmios que a fera já levou:

Títulos pela seleção
Copa do Mundo: 1994 e 2002
Copa América: 1997 e 1999
Copa das Confederações: 1997

Principais prêmios individuais
Melhor do mundo da Fifa: 1996, 1997 e 2002
Bola de Ouro: 1997 e 2002

Ele faz uma falta no futebol atual… Será que teremos algum atacante brasileiro que fará tanto quanto o fenômeno fez?