Há pouco mais de um mês montamos uma seleção dos jogadores que na época não estariam na Copa do Mundo da Rússia. Pois bem, com as principais eliminatórias encerradas e suas respectivas repescagens o time agora é outro.

Antes Messi compunha a lista, pois estava em uma Argentina em situação sufocante. Porém o camisa do 10 do Barcelona resolveu a classificação para os hermanos. Na América do Sul, o Chile que decepcionou e ficou de fora, assim como importantes jogadores. Já na Europa, pela primeira vez desde 1958 a Itália não irá para a Copa do Mundo. Certamente, a situação do futebol italiano está degradante.

Alguns vexames e outros por azar de nascerem em países que o futebol não é forte, mas diversos jogadores de muita qualidade ficarão longe dos gramados da Rússia em 2018. Talvez, se montássemos uma seleção com eles, poderiam bater de frente com os principais competidores da Copa.

 

1- Buffon

Imagem: Reprodução/Facebook

Capitão da Azzurra, não pode fazer muito para evitar o vexame italiano. Certamente, seria sua última Copa do Mundo como jogador, e apesar de ter sido campeão em 2006, Buffon foi às lágrimas após a eliminação contra a Suécia.

2- Valencia

Imagem: Reprodução/Facebook

Desde 2009 defendendo a camisa do Manchester United, Antonio Valencia é sinônimo de força e consistência, joga tanto na lateral como no meio campo, sempre pelo lado direito. Jogou a Copa de 2006, sendo candidato a Melhor Jogador Jovem da competição e foi capitão da seleção equatoriana na de 2014.

4- Bonucci

Imagem: Reprodução/Facebook

Após grandes temporadas com a Juventus junto com seu companheiro de seleção, Chiellini, Leonardo Bonucci transferiu-se para o rival Milan nesta temporada. O entrosamento dos dois não é o mesmo, e consequentemente, a seleção italiana que dependia muito disso sofreu.

3- Chiellini

Imagem: Reprodução/Facebook

A defesa italiana era na sua essência a retaguarda da Juventus, que por muito tempo era sólida e incontestável. Contudo aos poucos, a situação foi se debilitando, Barzagli envelheceu e não aguentava mais o ritmo desde 2016, mas Chiellini e Bonucci que estavam em ótima fase seguravam a bronca, porém agora os dois se separaram e somada com a saída de Antonio Conte do comando da seleção, não foram encontradas muitas soluções para a equipe.

6- Alaba

Imagem: Reprodução/Facebook

Excelente lateral esquerdo, muito rápido, forte ofensivamente e defensivamente, titular incontestável do Bayern de Munique, mas que teve a má sorte de jogar pela Áustria. Apesar de um bom time, o talento de Alaba é tão grande para os padrões que ele é um desperdício se escalado na posição original, por isso o jogador, que é também ótimo nas bolas paradas atua como meia avançado na seleção.

8- Vidal

Imagem: Reprodução/Facebook

Apesar de alguns o acharem superestimado, o chileno era uma das principais esperanças da seleção para a Copa da Rússia, mas não correspondeu a altura nos momentos finais. Após os dois títulos de Copa América, o ritmo da equipe diminuiu, assim como a eficiência o que culminou na não qualificação.

5- Pjanic

Imagem: Reprodução/Facebook

Com muita técnica nos fundamentos, visão de joga e especialista nas bolas paradas Pjanic não conseguiu classificar sua seleção para a Copa. Apesar de ter nascido na Bósnia, o meia da Juventus disputou a Copa de 2014, contudo jogar por essa seleção nunca é tarefa fácil.

10- Mkhitaryan

Imagem: Reprodução/Facebook

Teve grande destaque no Borussia Dortmund e a duas temporadas joga no Manchester United, apesar de ter se lesionado com certa frequência, tem muita qualidade e quase sempre joga bem. Contudo, a habilidade do camisa 18 (que deveria ser 10) é exceção na Armênia.

7- Sanchez

Imagem: Reprodução/Facebook

Alexis parece ter jogado sozinho tanto no Arsenal como na seleção chilena por meses. Além de muita qualidade, joga com muita raça suas partidas. Porém, não conseguiu muita coisa com o clube e com a seleção não irá a Copa.

11- Bale

Imagem: Reprodução/Facebook

Apesar das constantes lesões nas últimas temporadas e a perda de ritmo, que o fizeram perder espaço no Real Madrid, a ausência de Gareth Bale é notável. Para piorar, a seleção galesa tem uma geração muito boa, que chegou as semifinais da Eurocopa do ano passado.

9- Aubameyang

Imagem: Reprodução/Facebook

Mais rápido que o Bolt e artilheiro do Borussia Dortmund, Aubameyang dificilmente disputará uma Copa do Mundo, pois defende as cores do Gabão.

12.005

Leia também