A cultura nerd está tão em alta na atualidade que basicamente para todo lugar em que olharmos, vemos um Homem Aranha, ou um Capitão América, ou ainda um Batman. Curiosamente, um dos lugares onde os heróis dificilmente se saem bem é nos videogames, seja porque a maioria dos jogos de antigamente eram feitos para acompanhar lançamentos cinematográficos, seja porque a essência deles não é capturada da maneira correta. Ainda assim, há bons títulos a se jogar, e um deles é o mais novo jogo de PS4 e Xbox One, Injustice 2.

Em Injustice 2, os jogadores descobrem o que acontece após os eventos do primeiro jogo, onde o Super Homem decidiu impor um regime marcial no mundo todo e condenar criminosos à morte por seus crimes, para evitar que mais vítimas sejam feitas. Tudo isso por causa de um plano do Coringa, que fez que o Homem de Aço ficasse atordoado e matasse a própria mulher, Lois Lane, grávida do primeiro filho do casal.

Uma nova ameaça

Agora, os heróis e vilões da DC enfrentarão uma nova ameaça: Brainiac, o ser que destruiu o Planeta Kripton e causou a vinda do Super Homem à Terra. Será que eles vão conseguir derrotar um inimigo que destruiu bilhões de kriptonianos? E será que o Batman não vai ter que pedir ajuda a antigos adversários para resolver esse problema? Essa e outras respostas vocês descobrem num modo história com uma campanha de cerca de 5 horas muito bem trabalhadas.

Além do modo história, o jogo ainda conta com modo versus local, multiplayer e um modo novo chamado de Multiverso, onde diariamente o jogo dá desafios single player para você aproveitar ao máximo do game e fazê-lo durar por muito mais do que apenas um fim de semana. Para completar, o jogo vem com 29 lutadores dentre vilões e heróis do universo da DC, como Batman, Super Homem, Flash, Coringa, Arlequina, Mulher Maravilha e Mulher Gato.

Injustice 2 está disponível para PS4 e Xbox One. Eu passei o final de semana inteiro jogando o jogo e garanto: ele vale a pena. Se você quiser ler minha análise completa do jogo, é só passar lá no Critical Hits.