Testosterona Corp.

Ganhadora do Lingerie Day Testosterona 2016, com vocês: Karoline Marques, clicada por Pedro Gomes

 

Não se engane com a delicadeza de Karol. Despretensiosa, mas firme e dura na queda, a gata de 23 anos gosta de deixar as coisas “fluírem naturalmente”: “Não sou muito de programar o futuro. É meio que uma forma de não querer sofrer antecipadamente. Gosto muito de viajar e conhecer pessoas”.

karoline-marques-testosterona-2

Habituada com a câmera, ela conta que já fez diversos trabalhos como modelo mas nunca tinha feito ensaio sensual antes: “Na verdade, todos os outros que fiz eram de nu artístico, não envolvia essa parte de sensualidade, de ter que transmitir um olhar, de mostrar algo. É meio engraçado, porque o sensual é bem mais difícil do que o nu. O nu você chega, fica nua, mas é tudo muito natural. Agora o sensual, envolve todo um contexto. O olhar, as poses, o jeito das fotos”, confessa.

Hobby que virou trabalho

Não só pra Karol, que está concluindo o curso de Engenharia, mas também para o fotógrafo Pedro Gomes: “Começou como hobby durante uma pausa na faculdade de Direito, mas sempre fui aficionado pela fotografia. Aos poucos e com incentivos de amigos, está por virar profissão. Pagando as contas já está muito bom”, brinca.

karoline-marques-testosterona-5

Desafios e parceria

“O maior desafio desse tipo de ensaio, primeiramente, é fazer com que a modelo se sinta confortável com o fotógrafo, com o ambiente e com as fotos, isso leva muito diálogo”, explica Pedro. Isso, pelo visto, a dupla tirou de letra: “A Karol é minha amiga de infância, então sempre houve aquela amizade e confiança. Meu primeiro ensaio nu foi com ela! Gosto de fazer as fotos com ela porque ela é desinibida. E nesse ensaio de Testosterona Girl não podia ser diferente, com o auxilio da Cris Nóbrega, o resultado final ficou uma coisa linda de se ver”, se orgulha o fotógrafo.

karoline-marques-7

Começo difícil

Sabemos que ainda é muito difícil lidar com as pessoas e com o preconceito, e que as mulheres precisam de muita paciência e persistência para seguir com seu sonho. Karol conta que também passou por uma fase pesada, mas que já se “adaptou”: “No início foi bem difícil. Quando saiu meu primeiro ensaio, as pessoas ligavam ou mandavam mensagens para minha mãe dizendo que tinham ‘vazado’ fotos minhas ou que eu estava fazendo programa, ou algo do tipo. Chegava nos lugares e logo vinha algum homem oferecer dinheiro por sexo ou falar alguma coisa escrota. Já até me ocorreu de estar ficando com um cara na época e ele dizer que não teria coragem de apresentar uma mulher que tem fotos nua na internet para os pais dele”.

“Depois disso, fiquei um mês sem sair direito de casa, não me sentia bem com as pessoas me olhando. Fui me acostumando a ideia e meio que deixei para lá. Hoje se um cara vem me oferecendo dinheiro por sexo, não brigo e nem fico chateada, levo na esportiva e faço uma piada para cortar o assunto. Meio que fui me adaptando. E as pessoas da minha cidade, que é pequena, foram se acostumando”, relata Karol.

karoline-marques-testosterona-1karoline-marques-testosterona-3karoline-marques-testosterona-4

karoline-marques-6karoline-marques-8karoline-marques-9karoline-marques-10karoline-marques-11karoline-marques-12karoline-marques-13karoline-marques-14karoline-marques-15karoline-marques-16karoline-marques-17karoline-marques-18

Veja mais fotos de Testosterona Girls