Descubra o que as garotas do Testosterona CAM estão fazendo agora - 24 horas online

Paola Simão, sob o sol da Barra, pelas lentes de Lello Octávio

 

Uma gigante no mar com seu 1,60 de altura, Paola Simão é apaixonada pelo mar “desde sempre”, como faz questão de contar. Nascida em Niterói, Rio de Janeiro, onde mora até hoje, frequentava a praia de Itacoatiara desde muito nova e namorou um atleta profissional de bodyboard aos 17: “Foi quando ganhei minha primeira prancha… Em 2000, logo no meu primeiro ano aprendendo a surfar, fui para o Hawai tentar evoluir. De lá para cá não parei mais, viajei para diversos países atrás de ondas perfeitas e, claro, pra conhecer outras culturas”, conta.

Paola desfilou pela Praia do Pepê, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, com produção da nossa querida Pietra Príncipe

Lugares e títulos do coração

De todos os países que conheceu, ela tem seus preferidos: “Eu morei na Austrália por 4 anos, tenho um carinho muito especial por aquele lugar. Amo muito a Indonésia também, tento ir todos os anos, pois é um lugar lindo e na minha opinião tem as melhores ondas do mundo. Todo lugar tem sua magia, difícil escolher o melhor…”, confessa Paola.

De todos os títulos de Paola na carreira de bodyboarder profissional, ela também guarda alguns no coração: “Quando fui vice campeã na pororoca no Rio Araguari, no Amapá, foi emocionante. Ficamos em um barco por 15 dias para surfar e competir a maior pororoca do Brasil, pois surfar uma onda grande de rio, que vem como um ‘tsunami’ com uma margem de aproximadamente 50km de extensão, realmente foi inesquecível. E quando fui campeã do circuito Niteroiense, vencendo 3 etapas de 5 no total, foi o ano que minha mãe tinha falecido e eu tinha me dedicado muito aos treinos, foi um retorno muito especial para mim”, relembra.

Jornada dupla

Paola ainda se divide entre o esporte e a empresa de turismo de aventura que tem forte atuação no Rio de Janeiro. Mas mantém projetos do esporte sempre em mente: “Esse ano devo ir para Indonésia, treinar muito, produzir matérias, imagens para minhas parcerias, como faço todo ano. Em setembro, se tudo der certo, vou pra Portugal, competir a terceira etapa do circuito mundial de bodyboard”.

Fotógrafo por amor

O fotógrafo, Lello Octavio, traz seu segundo ensaio com a gente. Ele trabalha com criação de vídeos (direção, fotografia, edição, roteiro, “de tudo um pouco”), e usa o Instagram para experimentar e treinar fotos artísticas: “Tenho uma agência de comunicação e marketing, a Final Buzz, e atualmente também produzo e participo do canal “Ta Dentro”, da Pietra Príncipe”.

Lello comenta que, apesar da fotografia ser um hobby pra ele, o desafio dos cliques sensuais fica por conta do resultado: “A foto tem que ser bela como um todo. Mostrar demais, me incomoda, as vezes não mostrar é mais impactante”.

 

Fotos: Lello Octávio
Produção: Pietra Príncipe
Biquíni: Viti Levu Beach Wear