Dar uma escapadinha no casamento é uma arte e o Testosterona está sempre preocupado em melhorar a vida dos homens. Dessa vez vamos ensinar aqui alguns truques simples, mas extremamente eficazes e que poucos observam na hora da famosa “puladinha de cerca”. Se quiser que sua mulher nunca desconfie ou descubra nada, siga nossos conselhos.

Acredite em você mesmo

Se você contar uma mentira sem estar convicto de que é uma verdade, dificilmente alguém acreditará em você. Antes de contar para a mulher, repita várias vezes pra você mesmo até estar convencido de que a história é verdade.

Você precisa de um cúmplice

Nenhuma mentira é bem contada o bastante a ponto de a mulher acreditar de cara em você sem ter nenhuma testemunha para comprovar os fatos.  Mas atenção, não serve qualquer pessoa, preste bastante atenção para saber quem escolher. Invente que um amigo seu bebeu demais e você estava com ele e acabou por evitar que ele desse vexame num bar e o levou pra casa

Nunca escolha um grande amigo

Isso mesmo, a pior pessoa para testemunhar a seu favor é seu melhor amigo. Sua mulher questionará na hora a veracidade do testemunho dizendo que ele é tão safado quanto você e que está querendo te acobertar porque são amigos.

Nunca envolva ninguém muito conhecido dela

Alguém do escritório não muito íntimo dela é a pessoa ideal para compactuar com você essa sua noitada. Se a pessoa não for muito conhecida dela, certamente ela não terá a liberdade de consultá-lo sobre a história.

Envolva o menor número de pessoas possíveis

Quanto menos pessoas envolvidas, melhor. Se você envolve muitos amigos, fica mais difícil todos contarem a mesma história se sua mulher perguntar. A probabilidade de entrarem em contradição aumenta proporcionalmente a cada pessoa envolvida.

Dê preferência para um amigo casado

O seguro morreu de velho. Já que está escolhendo alguém que não é tão amigo, não custa nada se precaver. Se rolar algum atrito entre vocês posteriormente, ele poderá dar com a língua nos dentes. Então, nada melhor que um rabo preso recíproco.

Nada de histórias melosas e fantasiosas

Se você não é uma pessoa muito caridosa, sua esposa nunca acreditará se disser a ela que um amigo do escritório passou mal e que você ficou a noite inteira num hospital com um cara que nem muito amigo seu é. Melhor dizer que estavam tomando uma, ele ficou bêbado rápido e você não conseguia levar o desgraçado pra casa.

Fique nervoso

Já que você “passou a noite inteira cuidando de um bêbado”, chegue em casa nervoso. Se você chegar em casa de madrugada todo mansinho, pisando leve e dizendo:  – Amor, você nem imagina o que aconteceu… ela vai pisar em você. Chegue batendo a porta, pisando alto e diga pra ela: – Não venha você também me encher o saco que estou a fim de matar um. Ela certamente pedirá para você ficar calmo e ainda vai te oferecer um chazinho.

Tenha disposição

Se tudo deu certo até agora, você deve ter tomado um banho relaxante, uma xícara de chá quentinha e agora está indo pra cama. Sua mulher foi acordada de supetão, ouviu seu “desabafo”, cuidou de você e agora perdeu o sono. Então, vai a dica mais importante: tenha disposição para umazinha, pois certamente ela vai querer e você não pode negar fogo numa hora dessas. Homens estão sempre a fim e se você broxar justamente agora, além de ficar feio pra você, ela vai ficar com a pulga atrás da orelha.

Texto do amigo Paulo, lá do Meio Quilo