Por: Agorajafalei do Bebida liberada

As mulheres estão se tornando cada vez mais insuportáveis com essa história de “Direitos Iguais”, mas será que elas querem ter os mesmos direitos ou só querem dizer que também são capazes de fazer as mesmas coisas que um homem? Essa dúvida sempre esteve em minha cabeça e juro que não consigo respondê-la.

Que as mulheres devem ser tratadas igualmente pela sociedade a gente sabe, mas toda vez que levam uma bronca do chefe, brigam com o marido ou discutem com uma amiga elas começam a chorar. PORRA! Mulher chora po tudo. Que “Emisse” da porra.

Elas dizem que não são o sexo frágil, mas na hora que a coisa aperta falam: Você não pode tratar assim uma mulher! Caramba, vai entender.

Mulher é um bicho muito complicado e posso provar isso com algums exemplos.

Sempre que uma mulher diz “não”, ela quer dizer “sim”. Exemplo:

Ex. 1:
H – Você quer presente de aniversário?
M – Não amor, não precisa.
Tradução: Sim, eu quero muito um presente bem legal.

Ex. 2:
H – Amor, vamos almoçar na casa da minha mãe esse final de semana?
M – Vamos sim, amor. Eu adoro almoçar lá.
Tradução: Vai se foder você e sua mãe. Odeio aquela velha chata que fica falando pra eu cuidar bem de você, seu corno.

Viu? Não é fácil entendê-las.
Os homens são diferentes, são mais sinceros, mesmo que não falem o que realmente querem dizer. Vou provar com exemplos.

Ex. 1:
M – Amor, vamos no cinema hoje?
H – Não vai dar, hoje tem semi-final do Brasileirão.
Tradução: Porra, bem no dia do futebol?

Ex. 2:
M – Preparei uma jantinha gostosa e depois tem uma sobremesa “especial” que eu vou fazer com muito carinho pra você, seu lindo.
H – Opa, que gostoso amor. Podemos jantar, então, pois hoje tem semi-final do Brasileirão?
Tradução: Porra, bem no dia do futebol?

Viu, é muito mais fácil entender os homens.

Outra coisa que eu não consigo entender são as manias das mulheres. Claro, todas elas tem manias que já vem de fábrica. É como o windows que já vem com o windows media player, como imitador que já nasce sabendo imitar o Sílvio Santos, como blogueiro que já nasce predestinado a ser virgem, como humorista de standup que começa o show falando “vindo pra cá…”. Enfim, acho que vocês entenderam.

As mulheres são assim, TODAS elas já vem com a mania ridícula de lavar a calcinha na hora do banho e, não satisfeitas, deixam a calcinha pendurada na torneira do chuveiro. Caralho, como é chato ir abrir o chuveiro e ter uma calcinha lá. Depois elas reclamam que a gente joga a toalha na cama.

Outra mania chata é quando elas resolvem se arrumar, independentemente de onde estejam. Sim, passar batom, tirar o buço, passar pó no rosto, ajeitar os cílios, etc… Desculpem, mas não sou obrigado a ver você tirando o BIGODE. Isso mesmo “BI-GO-DE”, Buço é o caralho. O Direito não é igual, então se o meu é bigode, o seu também é.

Mulher se depilando, que droga. Elas têm mais pelos na perna que muitos homens.

Vocês, mulheres, gostariam de ver um homem raspando o saco? Então por que acham que a gente pode ver você raspando a perna?

Agora eu lhes pergunto: Que diabos elas reclamam quando nós, homens, damos aquela arrumada no saco quando a cueca está apertando? Quando coço o saco eu sou um nojento, mas quando elas tiram a calcinha enfiada no toba é tudo normal? Ahhh, cadê os direitos iguais aí?

Eu acho que toda mulher deve ser tratada igualmente, ou seja, se eu não posso fazer essas coisas, elas também não podem.

Portanto, se você for mulher e estiver lendo isso, pense melhor e tenha certeza que um homem também acha nojento algumas coisas que vocês fazem.