Se o polonês Aleksander Andrzej, de 32 anos soubesse que o álcool em execesso iria salvar a sua vida, talvez tivesse dado mais um trago antes de cair “trêbado”na rua.

É que ao ser encontrado só de cueca deitado no banco de um parque em Varsóvia, ele só não morreu pois, de acordo com o teste do bafômetro, tinha consumido 30 vezes o limite alcólico legal para dirigir.

Levado para o hospital, os médicos garantiram que foi exatamente isto que ajudou Aleksander a sobreviver ao frio intenso de -5ºC . Eles explicaram que o álcool em seu sangue agiu como anti-congelante.

No final, amigos e parentes respiraram aliviados e o “bebum” comemorou a sorte dizendo que assim que sair do hospital vai pagar uma rodada de vodca para a turma toda!

Fonte: Metro

E ainda dizem que beber não faz bem à saúde hein