Os homens se preocupam mais com o tipo de corpo de sua parceira do que as mulheres com o corpo de seu parceiro, mas também parecem valorizar mais a vida familiar, revelou uma pesquisa realizada com 70 mil pessoas pela revista AskMen em parceria com Cosmopolitan.com. Quase metade dos entrevistados disseram que terminariam o relacionamento com uma parceira que ganhasse peso, contra apenas 20% das mulheres que fariam o mesmo.

Dois terços dos homens confessaram ter tido fantasias com as amigas de suas parceiras. E apenas um terço das mulheres fez o mesmo. Ao mesmo tempo em que os homens ficam mais à vontade em encontrar suas namoradas online e menos ansiosos por saber com quem elas estão fazendo amizade online, para eles, o cavalheirismo não morreu, disse James Bassil, editor-chefe da AskMen. Outro dado da pequisa diz que apenas 18% das mulheres responderam que gostariam que seu parceiro fosse mais bem dotado, porém 51% dos homens gostariam de ser.

E homens e mulheres divergiram quanto a pagar a conta em seus encontros, pelo menos na fase inicial de um relacionamento. A pesquisa mostrou que 38% delas acham que devem pagar por suas próprias despesas, e 59% deles preferem pagar a conta, pelo menos enquanto o namoro não estiver consolidado. E 80% dos homens disseram sentir-se prejudicados nos processos de divórcio. Já as mulheres se mostram muito menos à vontade com a ideia de seus parceiros continuarem a manter contato com a ex.

Fonte: O Globo