lisa

Lisa Smith, uma britânica de 29 anos, considera o sexo um ato “repulsivo” e garante que nunca mais voltará a passar por essa “tortura”. Ao longo da sua vida teve três namorados e viveu com dois deles. O seu maior desejo é encontrar um companheiro que aceite uma relação de celibato e sonha em adotar uma criança. “Não há nada de mal comigo fisicamente”, e os próprios médicos explicaram isso, afirma Lisa Smith ao ‘Daily Mail’. “Não houve nenhum incidente obscuro no meu passado que possa explicar a minha aversão. Nunca fui abusada ou maltratada. Não sou homossexual, nem sinto nenhuma atração física por mulheres.”

A britânica de 29 anos confessa que deseja encontrar um homem com quem casar, com quem partilhar o seu dia-a-dia e “abraçar-se à noite no sofá”. Tudo isto, mas sem sexo, já que esta mulher conforma-se com o facto de que apenas não gosta de sexo. No entanto, se um dia decidir ser mãe, Lisa vai adotar, pois a ideia de “carregar um bebé dentro do ventre” repugna-a tanto como o ato sexual em si.

Aos 16 anos Lisa Smith teve a sua primeira relação sexual com o namorado. “Eu queria calar os meus amigos – que me consideravam anormalmente púdica – e ser como toda a gente”, conta. Contudo, esta mulher odiou o momento e, com o passar do tempo, começou a encarar o sexo como uma tarefa que tinha de despachar rapidamente.

lisa_

Com o final da relação, Lisa procurou vários especialistas da área da saúde para assegurar que estava bem fisicamente. Nunca ninguém encontrou nada fora do normal.Durante a faculdade, a britânica decidiu voltar a namorar com um jovem chamado John. Ao início, Lisa fingia sentir prazer, mas, por achar o ato sexual tão repugnante, parou de o fazer. Estiveram juntos durante sete anos, até que John a trocou por outra mulher. Ainda assim, Lisa ficou aliviada com o fim da mentira.

Aos 27 anos, Lisa Smith decidiu procurar a ajuda de uma sexóloga. “Ela disse-me: ‘Se tu odeias sexo e estás bem com isso, não tens nenhum problema. Se não o odeias, então tens um problema.” Em 2011, Lisa embarcou num terceiro relacionamento, mas novamente não funcionou. Começou a desculpar-se para não ter sexo, e o relacionamento acabou por terminar. Aos 29 anos, esta britânica decidiu encarar a realidade e pretende nunca mais voltar a passar por um relacionamento que envolva sexo.

“As hipóteses de encontrar um homem que eu ame mas que nunca queira ter uma relação física comigo são remotas. Ainda assim, eu tenho essa esperança de um dia encontrar alguém assim e casar”, confessa.

Fonte: Mail Online