A chinesa Yu Hong estava naquelas semanas em que não podia satisfazer os desejos de seu marido, que havia passado uma temporada fora de casa, trabalhando.

Revoltado, o cara disse que iria procurar a ajuda de uma profissional. A mulher entrou em desespero e, antes que o marido fosse atrás de alguém, ela tomou a dianteira e contratou uma prostituta.

Yu contratou os serviços da mulher diversas vezes, até que a polícia descobriu. Como prostituição na China é crime, a mulher que quis satisfazer as vontades do marido vai ter de pagar uma multa de cerca de R$ 5.000, além de passar uma temporada no xadrez. O maridão também se deu mal e vai ter de gastar cerca de R$ 1.250 em multas.

E no meio de tudo isso, o que mais me assusta é que na China, segundo a reportagem, a menstruação dura semanas!!! Pode isso Arnaldo?

Fonte: R7