Cientistas ingleses (sempre eles) descobriram através de uma pesquisa que para mulheres, achar um produto em oferta pode ser tão prazeroso quanto fazer sexo. A conclusão é dos pesquisadores da Universidade de Westminster, em Londres, que mediram a atividade de áreas do cérebro que controlam a emoção de voluntários enquanto eles faziam uma série de coisas, como comprar ou assistir a um filme erótico. Ganhar um vale de compras numa loja provocou tanta excitação quanto a pornografia.

Os pesquisadores usaram um equipamento que monitora os movimentos dos olhos e suas respostas emocionais no corpo, chamado de iMotion, que mensura numa escala de 1 a 10 o nível de excitação, sendo que 10 é uma excitação ruim, perigosa, causada por um trauma e muito rara de ser detectada.

Mas uma pontuação entre 5 e 7 equivale à excitação que o corpo tem quando vê imagens eróticas. Foram testadas 50 pessoas durante vários dias. Algumas receberam promoções especiais, como vales de descontos ou presentes grátis. Ganhar um audiobook, por exemplo, levou as consumidoras a registrar uma pontuação de 5.8. A pesquisa foi patrocinada pelo Instituto de Marketing Promocional.

Baseando-se nessa notícia concluímos que se um homem leva uma Playboy para o banheiro, a mulher leva um catálogo de compras

Atenção cientistas ingleses. PAREM de fazer pesquisa e vão dar um trato nessa mulherda.

Obrigado

Fonte: O Globo

8