Sites pornográficos tem um renda alta, mas eles geralmente não arrecadam dinheiro para caridade. E isso está mudando, graças a Benevidz.com, um novo site onde os artistas pornô doam uma porcentagem do que eles ganham no trabalho, para uma instituição de caridade de sua escolha. As “performers” podem doar entre 10 e 15 por cento do que ganham durante uma performance na web, um show solo ou um bate-papo online. De acordo com o porta-voz do site, Michael Wondercub, 23, da sede em Denver, o negócio da pornografia é uma indústria de 5 bilhões de dólares por ano.

A estimativa de Wondercub é bastante especulativa, uma vez que a maioria das empresas pornôs são de propriedade privada e não divulgam dados financeiros, de acordo com Theo Sapoutzis, o CEO e presidente da Adult Video News (AVN), um jornal voltado para a indústria pornográfica. Ainda assim,  segundo o empresário se o site pode arrecadar de 1 a 10 por cento do mercado de entretenimento adulto, isso pode significar mais de 1 milhão de dólares para instituições de caridade.  Seis instituições já estão dispostas a aceitar dinheiro ganho através de vídeos pornográficos.