Autoridades reformistas do vilarejo de Sunderbadi (Índia) decretaram que está proibido que mulheres usem telefone celular no localidade. Adolescentes flagradas usando o aparelho em área pública pagarão multa de o equivalente a 370 reais. Adultas pagarão menos: 75 reais.

A medida foi tomada por anciãos que estão revendo as diretrizes do comportamento social em Sunderbadi.  “O telefone celular é a causa de todos os males em nossa sociedade, incluindo o aumento de casos extraconjugais e fugas por amor”, disse Mohammad Manzoor Alam, presidente do conselho de anciãos, de acordo com a NDTV.
Sunderbadi utiliza o sistema político-social do panchayat, no qual cada grupo tem responsabilidades próprias pelo “bem” da comunidade.

Fonte: O Globo

4