CONTATO:

Mulher: Para conhecer mulheres, você tem, no mínimo, um pouco de trabalho. Se vocês não tiverem nenhum amigo em comum, é preciso chegar com um papo furado, pagar uma bebida, conversar por uns momentos, até pedir o telefone, e TORCER pra ela querer dar o número pra você. Segundo a lei de Murphy, o número dela nunca será da mesma operadora que o seu.

Puta: Você pode se dirigir ao local de trabalho das moças, ou simplesmente conseguir o número com um cliente veterano. Não é necessário ficar de tititi, nem de lero-lero. Algumas ainda aceitam você ligar a cobrar.

LOCAL DO ENCONTRO:

Mulher: Além de precisar ir buscar, mesmo no lugar mais longe da sua casa, é sempre uma dúvida cruel escolher lugar para levá-las. Nunca se sabe onde elas possam se sentir ofendidas. Como por exemplo:

Cinema: “Você não quer conversar? A gente nem se conhece direito, acho que você não está interessado em mim…”

Lugar mais reservado, como restaurante chique: “Você não acha que está forçando demais? Mal nos conhecemos, e já estamos saindo como namorados…”

Drivre Thru de fast-food: “O que é isso, você não quer ser visto comigo? Não podemos simplesmente parar em algum lugar para comer?

Puta: Qualquer lugar, e nem precisa buscá-la.

CONVERSA:

Mulher: Além de ter que ouvir sobre seus problemas e suas amigas, você não deve falar mais que o necessário, ou ela pode usar aquilo contra você (como em um julgamento de tribunal). Você não tem o direito de ficar calado, você tem o dever. E, durante o sexo, nem todas curtem aquilo que você está acostumado a dizer (ou gritar)…

Puta: Pelo que você ta pagando, pode até falar sobre a liderança dos países escandinavos nos jogos de inverno que ela vai achar fascinante!

DINHEIRO:

Mulher: Dependendo da mulher, existem níveis de conforto que você é obrigado a proporcionar. Uma mulher bonita, você deve buscá-la de carro, com ar-condicionado ligado. Se não tem carro, pague o táxi da ida e volta. Leve-a para assistir um filme 3D (se não for gata, não vale 3D) e depois a um BOM restaurante. Se der sorte, um BOM motel, com direito a lanchinho. Custo: 150 ~ 200 reais.

Puta: Preço fixo, você não precisa perder tempo com cinema, jantar ou lanchinho. Mesmo nível de beleza. Custo: 100 ~ 200 reais.

SITUAÇÃO PÓS ENCONTRO:

Mulher: Ligar no outro dia e utilizar todas as formalidades do bem-estar. Perguntar se quer sair de novo. Se ela quiser, você terá custos adicionais como presentes, joias, chocolates e flores. Se não, toda situação do texto inteiro repete.

Puta: Quando quiser, pode ligar que ela vai de novo, sem bronca nenhuma.

Mais uma teoria do jovem Vinícius Fleury