O Pink Floyd é sem sombra de dúvidas uma das bandas de rock mais influentes de toda a história. Você duvida? Apenas a título de curiosidade, o álbum The Dark Side of the Moon detém o recorde de aparições no top 200 das paradas da Billboard, aparecendo na lista por nada menos do que 903 e semanas, sendo 591 consecutivas.

Pra comemorar os 50 anos de carreira da banda, o Victoria and Albert Museum, de Londres, vai homenagear o Pink Floyd com uma grandiosa exposição agendada para acontecer entre 13 de maio e 1º de outubro deste ano.

Uma imersão no mundo de Pink Floyd

Segundo a organização, o público terá um verdadeiro passeio áudio-visual pela história da banda, com fotos raras, cartazes de shows, filmes, manuscritos, instrumentos e outros apetrechos utilizados pela banda ao longo da carreira.

Serão cerca de 350 peças, que vão desde a época de 60, até o lançamento do último registro da banda, o álbum This Endless River, de 2014.

Diferentes formas da capa de The Division Bell; e a vaca de fios, inspirada capa de Atom Heart Mother

E pra deixar tudo ainda mais interessante, a organização está tentando uma reunião com os membros do Pink Floyd, que se apresentaria na edição de 2017 do famoso festival inglês Glastonbury, que acontece entre os dias 21 e 25 de junho na cidade de Pilton.

Esta é a primeira vez que uma exposição reúne itens raros da banda, e os músicos estão envolvidos no projeto, inclusive cedendo itens como alguns manuscritos com os rascunhos de letras de músicas.

Mais informações sobre o Pink Floyd Exhibition neste link

Veja também: As 10 capas de álbuns mais legais de todos os tempos