Para tudo o que você estiver fazendo, e assista The Dark Side of the Rainbow agora! Você pode até não gostar de Pink Floyd, mas certamente você conhece a capa de The Dark Side of the Moon, certo?

Este é um dos álbuns mais importantes da história do rock, por muitos aspectos diferentes, mas hoje não quero falar dos clássicos deste disco como Time, Money ou Us and Them, nem dos temas abordados nele com cobiça, envelhecimento ou problemas mentais. Quero chamar a sua atenção pra uma lenda que povoa a internet há muito tempo.

A “lenda” atende pelo nome de The Dark Side of the Rainbow, e funciona da seguinte maneira: você precisa assistir o filme O Mágico de Oz (original, de 1939), sem o áudio, apenas acompanhado pelo álbum do Pink Floyd.

Em diversos momentos, o álbum corresponde ao filme, ora por causa das letras, ora por causa das músicas, criando uma sincronia áudio-visual incrível. O mais curioso é que enquanto o filme vai passando, é possível notar efeitos sincronizados com o disco, dando a impressão que o álbum foi todo feito em cima do filme

The Dark Side of the moon + Mágico de Oz

A história supostamente surgiu com pessoas que trabalhavam com a banda nos bastidores e no estúdio de gravação do álbum, mas na verdade os membros do Pink Floyd insistem que o fenômeno é pura coincidência. O próprio guitarrista David Gilmour disse que isso é obra de alguém com muito tempo livre.

Procurei uma versão legendada em português, mas não encontrei. Mas acompanhe o filme e veja a tradução de cada música. Assista o vídeo e tire as suas próprias conclusões:

The Dark Side of the Rainbow from The Dark Wizard on Vimeo.