• Reality show adulto tem modelos nacionais ao vivo 24h

    Por: | Em: Publieditorial | 06 de setembro de 2016

    Imagine uma versão adulta do Big Brother Brasil – e eu nem estou falando de sexo debaixo de edredom. O SexyTape estreia dia 10 de setembro e vai transmitir, 24 horas por dia, a convivência entre mulheres e homens (hetero, bi e homossexuais) dentro de uma mansão. E tem mais: os assinantes podem ter a chance de interagir com os participantes.

    Qualidade nos detalhes

    E nada de câmera escondida, noturna ou embaçada. O SexyTape tem câmeras FullHD de alta resolução pela casa toda, para você não perder nenhum momento, ângulo ou detalhe do que acontece na mansão.

    Por ser um canal erótico, estejam avisados de que, sim, pode ter cenas de sexo explícito – e torcemos por isso! Além disso, os assinantes vão acompanhar os participantes da mansão praticando seus exercícios físicos na academia, se divertindo na piscina, na sauna, e nas festas diárias que vão rolar na boate montada por lá.

    sexytape-1

    Apresentação de primeira

    A âncora do site é ninguém menos que a musa Pietra Príncipe, do canal Tá Dentro. Ela vai divulgar de dentro da mansão SexyTape tudo o que acontece de mais quente por lá, em tempo real, durante o reality.

    Bate-papo e shows particulares

    Há uma plataforma para os assinantes com uma rede de bate papo que permite fazer e transmitir seus shows particulares via webcam – recebendo remuneração por isso, com as moedas virtuais chamadas de “Happy Faces” que podem ser compradas diretamente no site.

    Prêmios e descontos

    São os assinantes que escolhem os participantes preferidos dentro da mansão, onde está em jogo prêmios em dinheiro que somam R$ 50.000,00. As votações acontecem dentro do site em todas as semanas e cada grupo de participantes irá durar na casa o período entre 14 a 30 dias.

    Para o lançamento, os novos assinantes terão três dias grátis para testar a experiência. As opções de planos variam de $ 9,99 a $ 24,99 (Basic, Plus e Premium) e os assinantes Plus e Premium ganham na assinatura 50 e 100 “Happy Faces”, respectivamente.

     

  • Manual do Sexo: autora de “Vem Transar Comigo” dá dicas aos leitores

    Por: | Em: Sexo | 06 de setembro de 2016

    O título já é um bom “pé na porta”. A psicóloga e expert em sexo Tatiana Presser já deixa logo claro que não é de meias palavras. “Vem Transar Comigo” (Bicicleta Amarela, editora Rocco) trata, de maneira didática e fácil, uma enxurrada de informações e dúvidas que permeiam o assunto desde os primórdios.

    Ao Testosterona, a autora falou sobre as principais dúvidas e dificuldades que os homens apresentam em consultório, deu sugestões para resolver e ainda disse algumas verdades sobre orgasmo, ponto G e casamento.

    “Sexpert” no assunto

    Tatiana promete (e cumpre) um manual do sexo quase completo com dicas e instruções que vão desde masturbação até sexo anal, passando pela história da revolução sexual até os modernos sexy toys entre casais. Ela é psicóloga e coach, mantém consultório no Rio de Janeiro, ministra palestras pelo Brasil e tem seu blog como referência de sexo no país.

    Estivemos no lançamento do livro em julho e, de uma conversa lá, levantamos alguns pontos que renderam uma entrevista especialmente para Blog.

     

    Quais as maiores dificuldades que os homens apresentam em consultório?

     

    – Ejaculação precoce

    “Estatisticamente, só 30% dos homens passam por isso na vida, mas eu acho que é uma estatística muito conservadora. Acho que bem mais homens passam por isso. E pode ser situacional. Ou por estarem com uma garota muito gata, ou por muito tesão, acaba tendo ejaculação precoce. E é bom saber identificar quando é isso mesmo. É quando a ejaculação acontece nos primeiros dois minutos, ou seja, já na primeira penetrada. Se está transando por mais de 2,5 já não é mais ejaculação precoce”, esclarece Tatiana.

    – Problemas de ereção

    “Existem duas categorias aqui: quando o pênis não levanta de forma alguma; e a situacional. Como a gente sabe se é psicológico ou físico? Eu recomendo que o cara coloque uma fita crepe no pênis grudada na perna durante a noite, porque a fita crepe tem cola, mas não ‘tanta’, e aí se a fita desprender, significa que teve ereção noturna. Se isso acontecer, é porque é problema psicológico, e não físico ou fisiológico. E muitos homens acordam com ereção, então também é uma forma de saber que não é problema físico”, explica.

    continue lendo…

  • 8 mulheres que falam de sexo no Youtube pra você acompanhar

    Por: | Em: Sexo | 05 de setembro de 2016

    Difícil entender as mulheres por aí? Então ninguém melhor do que elas mesmas para contar do que gostam, o que querem e como querem!

    Se no diálogo as coisas não estão funcionando bem pra você – ou melhor, se o diálogo para descobrir não acontece -, uma opção é recorrer a amigas sinceras que ajudam a decifrar. E é exatamente isso que fazem essas mulheres que falam de sexo no Youtube.

    Especialistas ou apenas entusiastas que não têm problemas em falar a verdade nua e crua para quem quer que seja, esse time tem milhares (e milhões) de seguidores pelo Brasil e semanalmente atualizam seus canais com vídeos cheios de dicas, novidades e sugestões para ajudar homens e mulheres a falarem a mesma língua e se entenderem cada vez melhor.

    Ficou curioso? Ansioso? Vamos a elas!

    Clara Aguilar, Às Claras

    Bianca Jahara, Com Sensual

    Aline Castelo Branco, Mundo Intimidade

    continue lendo…

  • “Minha mulher é uma atriz pornô”, leia o relato

    Por: | Em: Mundo Macho | 05 de setembro de 2016

    Por Thiago Manzo*

    Por algum tempo, eu tenho vivido o sonho de todo homem. Eu tenho saído e transado (yeah!!!) com uma atriz pornô. Por vários motivos, eu acabei me apaixonando e nenhum deles envolve o óbvio.

    Durante dois anos, eu repeli e afastei todo o tipo de pessoa que se aproximava por medo de me envolver, medo de errar novamente, medo de ser o único que estava realmente se entregando. Quando eu decidi que tava tudo bem e que a vida de solteiro te traz a tranquilidade de chegar em casa a hora que você quiser, e, o sexo sem compromisso com quem você bem entender… eu encontrei ela. Justamente para me divertir. Justamente quando eu não procurava. E uma coisa muito estranha aconteceu. Uma, não. Quatro coisas que ela me mostrou.

    atriz-porno-penelope-cruz

    Penelope Cruz em cena de apresentação burlesca no musical Nine (2009)

     

    1 — Ela me intimida… e isso me excita

    Ter ficado intimidado fez com que eu deixasse de lado o sexo que imaginava e fizesse o sexo que queríamos. Nós transaríamos de qualquer maneira do jeito que a gente tinha vontade. Mas aquela sensação de ‘tem algo de estranho aqui acontecendo’ foi o que fez ela gozar comigo só com penetração. Coisa que não acontecia há anos, de acordo com ela. Ter ficado intimidado deu um sentido de clareza para todas as dúvidas de uma única pergunta: por que estamos apaixonados um pelo outro?

    Vamos encarar de frente. Nós íamos foder do jeito que queríamos, foi o que fez a gente se encontrar e passar um fim de semana todo fazendo isso. Literalmente. Eu realizei o sonho de quase todos os homens desse planeta, que é passar uma noite com uma atriz pornô. Só para constar, eu nunca imaginei nem a vi assim. Eu tinha conhecimento dessa parte da vida dela, mas nunca foi um foco. Na verdade, eu nunca sequer vi um filme dela (depois sim, mas nunca façam isso se estiverem na mesma posição, é assustador).

    Ela é uma artista burlesca e dançarina. Era disso que a conhecia e sempre admirei. E era isso que me intimidava. Ali estava uma mulher que eu sempre quis. Que era forte. Imponente. E com um olhar de poucos amigos. Então, eu me senti intimidado. Muito. Pelo simples fato de estarmos no mesmo nível sexual, parecia que estávamos competindo um com o outro. E eu travei. Mas, quando eu parei de me preocupar, tudo ficou melhor. E mais desafiador. E qual foi o maior desafio? Aceitar ela como uma mulher. Não só como apenas um desejo sexual. Eu tive que melhorar meu jogo para complementar o dela. E como a gente fez isso? Descobrindo que transar com amor é o melhor sexo que existe.

    continue lendo…

  • A segunda temporada de Narcos é tão boa que você chega a torcer por Pablo Escobar

    Por: | Em: Filmes e Séries | 04 de setembro de 2016

    narcossocials
    Antes de começar a assistir a primeira temporada de Narcos no ano passado, eu conhecia superficialmente a história de Pablo Escobar, sabia só que ele tinha sido um dos maiores traficantes de droga do mundo, mas não tinha nenhuma ideia dos atos terroristas quase surreais que ele foi capaz de cometer, chega a ser chocante saber que aquilo não era pura ficção, ou uma história pra te entreter, como foi Breaking Bad por exemplo. O que me fez ver a série, mais do que ter a oportunidade de conhecer melhor a história dos cartéis de droga na Colômbia, foi saber que a empreitada seria produzida por José Padilha e que quem interpretaria o famoso traficante seria Wagner Moura, famosa dupla de Tropa de Elite.

    Assim como todo mundo, adorei a primeira temporada, que assisti rapidamente, e achei mais do que justa a indicação de Wagner ao Globo de Ouro na pele de Pablo Emilio Escobar Gaviria. E assim que saiu a segunda temporada, poucos dias atrás, corri e fiz uma maratona pra ver a parte final da história de Pablo. Se na primeira temporada vimos a criação do cartel, a ascensão do seu império e fortuna, a segunda temporada foi toda dedicada à derrocada do mito Pablo Escobar. Procurado pela polícia, por grupos extremistas, por seus rivais, os 10 episódios desta nova temporada mostram o ultimo ano de vida do traficante, que é obrigado a fugir e se esconder de uma caçada implacável pela sua cabeça, e que por isso continua tomando decisões que mostram o quão determinado ele era, e como o termo terrorista lhe cai bem. “Gostaria de morrer de pé, no ano de 3047”. A megalomania de Pablo Escobar diante de um jornalista ilustra aspectos folclóricos de sua figura, como a vaidade, a ostentação e a confiança em sua onipotência.

    A segunda temporada começa exatamente do mesmo ponto onde parou a primeira, quando Pablo foge da “prisão” que ele construiu pra si mesmo. E embora todo mundo conheça o desfecho final, você assiste aos 10 episódios com muito entusiasmo e em alguns momentos se pega torcendo por ele, e chega a ser estranho, porque Pablo matou milhares de inocentes, e claro, ele era um verdadeiro lunático, que achou que poderia ser presidente da Colômbia, mas que ao mesmo tempo mandou explodir um avião! Além disso, a ideia de utilizar flashes de cenas reais, como as manchetes de telejornais e alguns depoimentos e entrevistas da época deixa Narcos ainda mais legal pro telespectador, que acaba entrando de cabeça na série.

    O curioso é que a série mostra um homem totalmente devotado à sua família e amigos, um bom pai e marido. Talvez por isso em alguns momentos você simpatize com o personagem a ponto de torcer por ele, mesmo que ele seja de fato um assassino cruel. Wagner Moura consegue mostrar o lado implacável do personagem, que manda colocar um carro bomba bem no centro da cidade, e ao mesmo tempo o lado daquele que faz tudo pelo bem de sua família, inclusive fazer uma fogueira com dinheiro pra aquecer sua filha.

    Na outra ponta da história temos os agentes Peña e Murphy, e o presidente Cesar Gaviria, parecem ter chegado ao limite, usando tudo o que tem ao seu dispor pra conseguir a morte de Escobar, seja dentro ou fora da lei. Estão todos sob muita pressão e trabalhando incessantemente pra capturar o narco-traficante.

    Tão legal quanto a primeira, e ainda com a mesma pegada e suspense de sempre, a segunda temporada de Narcos é extremamente legal, e ainda deixa um gancho pra continuação da história sobre o narco-tráfico mesmo sem a presença de Escobar.

  • 6/9 Dia do Sexo: programação e conteúdo especial durante toda a semana

    Por: | Em: Sexo | 04 de setembro de 2016

    Nós queremos sexo todo dia – e sabemos que você também. Por isso, em homenagem ao Dia do Sexo (comemorado dia 6/9), montamos uma programação com conteúdos exclusivos e de peso para a semana inteira.

    Mulheres de atitude para falar verdades e responder perguntas no Facebook ao vivo; colunistas convidados para falar dos mais diferentes temas que permeiam o assunto; entrevistas exclusivas; listas de filmes, indicações de livros e muito mais!

    Confira a programação e fique ligado para não perder nada.

    Live no Facebook

     

    live-facebook-sexo

    5/09 às 21h – Tamanho importa no sexo?

    Com Bianca Jahara, apresentadora do programa Penetra no canal Sexy Hot e do canal Com Sensual no Youtube

    6/09 às 21h – Qual a diferença entre sexo bom e sexo ruim?

    Com Pietra Príncipe, hoje apresentadora do canal Tá Dentro, foi do Papo Calcinha e também capa da Playboy

    8/09 às 21h – Como levar uma mulher ao orgasmo?

    Aline Castelo Branco, jornalista, escritora e educadora sexual, apresentadora no canal Mundo Intimidade

    semana-do-sexo

    Kate Winslet e David Kross em “O Leitor” (2008)

    Enquanto isso, relembre alguns posts sobre o tema e já vá se preparando para surpreender a mulherada:

     

    Música: Playlists para ouvir antes, durante e depois do sexo

    Relacionamento: Poliamor é sinônimo de liberdade e autonomia sexual, diz sexóloga

    Vídeo: Qual foi sua pior experiência sexual?

    Bizarro: Quem fuma maconha transa mais e com mais qualidade

    Produto: 8 camisinhas diferentes pra você experimentar

    Saúde: Aos 32 anos você atinge o ápice da sua vida sexual