A plataforma adulta Sexlog realizou uma pesquisa entre seus 5 milhões de usuários para ranquear quais são as profissões que mais interagem por lá. Os funcionários públicos lideram a lista de engajamento e entre um dos fatores apontado como possível contribuinte para esse resultado é a jornada mais curta e flexível de trabalho.

Para começar a pesquisa, a plataforma identificou as categorias profissionais com mais cadastros no site. Neste âmbito destacam-se: atendimento (16,9%); negócios (13,4%), indústria (13,3%), tecnologia (11,8%) e construção (8,1%).

1105_sexlog-sobre-profissoes_a

Quanto mais tempo livre…

Dentro de “atendimento”, os funcionários públicos representam 5% das interações, sendo a profissão mais citada. Os motoristas, autônomos e com horários livres esporádicos, seguem de perto na segunda colocação, com 2,72% dos acessos.

Cantadas de pedreiro?

Os engenheiros – profissionais que, apesar do cotidiano agitado, muitas vezes trabalham de escritórios, em frente aos computadores – são responsáveis por 2,43% dos acessos. Enquanto isso, os pedreiros respondem por apenas 0,40% das entradas. Este índice mais baixo e essa diferença podem ser justificáveis pelo ambiente de trabalho onde se encontram – muitas vezes com pouco acesso às tecnologias – e pelas exaustivas jornadas de trabalho.

610