Quase todos os países islâmicos proíbem o acesso da população à pornografia. Países como Arábia Saudita e Kuwait têm uma rígida política de filtragem e bloqueio da internet, o governo saudita chegou a contratar hackers para deletar perfis em redes sociais que compartilhassem pornografia no país.

No Irã, consumir pornografia pode te condenar à morte, mesmo assim, uma reportagem do Estadão afirma que é relativamente fácil encontrar produtos pornográficos vendidos ilegalmente nas ruas, pelo menos em Teerã

Mas sabe a história de que tudo que é proibido é mais gostoso? Pois é, toda essa proibição não impede que na rede mundial de computadores, a nossa querida internet, pipoquem diversos vídeos e fotos de “pornô árabe“. Na wikipedia, existe um ranking com alguns dos termos mais pesquisados pelos muçulmanos, e eles são bastante estranhos, “Pig Sex” e “Dog Sex” encabeçam a lista em diversos países. Ficou curioso? A lista completa você encontra aqui.

Pornô Árabe

Fizemos uma rápida pesquisa em alguns dos sites pornôs mais famosos do mundo, e descobrimos que a maioria deles tem uma categoria destinada ao “pornô árabe”, como PorHub/arab, xHamester/Arab, e o Xvideos/arab, e a libanesa Mia Khalifa reina soberana na maioria dos vídeos destes sites famosos, mas você vai encontrar também produções feitas nos Estados Unidos e Europa, com atores e atrizes vindos dos mais diferentes países do oriente médio.

Existem também outros sites, como o ArabySexy e o ArabGFvideos, neles é possível encontrar muito conteúdo feito por lá, inclusive com mulheres de burca e tudo mais, e também vídeos estrangeiros.

 

Leia também