Se você acompanha pornografia nacional independente e alternativa, com certeza já ouviu falar na Xplastic, que reinventa o pornô desde 1998. A criadora e produtora Mayara Medeiros está à frente dessa missão e, pelo primeira vez, estreia como diretora de uma série pornô.

Esqueça aquela luz toda, cama com lençol branco e toda a enxurrada de clichês. A proposta da produtora é ir muito além disso e, desta vez, eles ousaram de verdade. Inclusive, essa é pra quem diz que escolhe pornô “pelo enredo”.

“NOX: Possessão de Si Mesmo” é estrelado pela incrível e premiada dupla Emme White e Mayana Rodrigues e conta a história de uma garota curiosa que é atraída por energias noturnas que acreditam que sexo pode servir como um acumulador de energia. Ela é seduzida para rituais com sexo entre humanos e deuses e terá seu corpo usado como veículo de energia para futuras conquistas terrenas.

Diferentão

May Medeiros, como é conhecida, conta que a série NOX surgiu de um interesse em fazer um conteúdo pornô misturando elementos considerados mais obscuros, como terror psicológico: “NOX tem esse clima mais tenso. A proposta era se diferenciar daquele padrão quase sempre solar que a pornografia propõe e aí achamos que caberia lançar em outubro, casando com o mês das bruxas, e uma pesquisa pessoal que tenho sobre quem são as chamadas bruxas”, explica.

Mayanna Rodrigues representa a própria Nox, essa energia noturna e perversa, como a origem da palavra mesmo, que vem do latim e significa noite, noturno (e também na função de adjetivo pode ser aplicado como perversa); Emme White representa a descoberta e Yuri Machado é um dos deuses que atrai essa descoberta.

Menos é mais

May também conta que, apesar da estrutura parecer maior, a equipe que participou da realização da série foi bem pequena: “Além dos performers, tive a Les Chux como minha diretora de fotografia, o Roy captando algumas imagens também além da Dolores Haze, que também editou todo material, o Rafa Bot que fez a captação de som direto e a Jéssica Monge assinando a beleza. Fora a equipe tivemos o apoio do Toshi San na parte do shibari, o pessoal da Carlos Capslock que nos ajudou com a locação. No fim, fizemos um material que pode ser considerado um longa com menos de R$5.000 e menos de 10 pessoas na equipe”.

Clique na imagem para ver o trailer

 

“NOX – Possessão de si mesmo” tem 4 episódios que foram publicados todas as sextas do mês de outubro no site da Xplastic. Então, a série já está completa no ar! O site é pago, você pode fazer sua assinatura e ter acesso a todo conteúdo do site, não só à série.

41.263