Ines Rau, modelo francesa e estrela de campanha da famosa grife Balmain, será capa da Playboy americana de Novembro/Dezembro. Anunciada pelo revista como a primeira transgênero a ser uma playmate em 64 anos, a modelo de 25 anos, na verdade, não é a pioneira.

Parece que a revista norte-americana se esqueceu completamente da suas versões brasileira e britânica. Isso porque Ines está acompanhada de Caroline Tula Cossey, Roberta Close e Ariadna. Prova de que o Brasil (e os homens daqui) está muito à frente nesse assunto.

Ines disse que o fundador da Playboy, Hugh Hefner, um franco defensor dos direitos civis, havia escolhido ela pessoalmente para ser a primeira “playmate” transgênero da revista antes de morrer com 91 anos em setembro, e “me disse que estava muito orgulhoso de mim”.

Não esqueceremos

A primeira mulher assumida publicamente trans a estampar a capa da revista foi Caroline Tula Cossey, modelo e atriz que na época era também a Bond Girl em 007 – Somente para seus Olhos. A edição de 1981 da Playboy UK foi um marco aprovado por Hugh Hefner, que contaria ainda com mais três capas da modelo nos anos seguintes.

Já aqui no Brasil, a Playboy teve duas capas de mulheres trans. Em 1984, Roberta Close teve sua primeira aparição e em 1990 estampou a capa da revista nacional. Anos depois, em 2011 foi a vez da ex-BBB Ariadna.

Hoje, enquanto, ambas as brasileiras estão casadas e afastadas da mídia, Ines Rau assume esse protagonismo em escala global.

Veja algumas fotos de Ines Rau

Leia também