Quem não gostaria de se casar com a linda atriz que interpreta a Viúva Negra no cinema? Provavelmente 10 em 10 homens prontamente diriam sim a um possível casamento com a musa, mas talvez seja necessário dividir a esposa com outros parceiros.

Recentemente, noticiamos por aqui a separação de Scarlett Johansson, que estava casada com o jornalista francês Roman Dauriac, com quem teve uma filha em 2014.

Na última semana, ela deu uma entrevista pra lá de polêmica para a Playboy e disse que a monogamia dá muito trabalho. A entrevista completa sairá na edição de março da Playboy americana, e atriz falou sobre matrimônio e maternidade, e entre outros comentários, a loira afirmou achar anormal ter apenas um parceiro.

“A monogamia não é uma coisa natural”

“A ideia do casamento é muito romântica, é uma ideia muito bonita, e sua prática pode ser uma coisa muito bela. Mas não acredito que seja natural ser uma pessoa monogâmica. Pode ser que me critiquem por isto, mas acho que dá muito trabalho”, declarou Scarlett.

“O fato de que seja tanto trabalho para todo mundo prova que não é uma coisa natural. Tenho muito respeito pelo casamento e fiz parte dele, mas, definitivamente, acho que vai contra algum instinto”, completou.

+ Entenda as diferenças entre relacionamento aberto, poliamor e poligamia

Boa ficha

Antes de Romain Durac, Scarlett Johansson foi casada com o ator Ryan Reynolds entre 2008 e 2011. Na entrevista, a atriz falou que seu segundo casamento foi bem diferente do primeiro. “Eu tinha um bebê, e também o meu marido vinha de outro país. Foi uma enorme transição para nós dois, e certamente para ele”.

Scarlett volta aos cinemas no final de março em A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell.

E você, qual a sua opinião sobre o tema?

Veja algumas fotos que ela fez para a Playboy durante a entrevista

8.922