Home Acompanhantes Ingrid Nynfa – Submissa, exibicionista e ninfomaníaca!

Ingrid Nynfa – Submissa, exibicionista e ninfomaníaca!

A Ingrid Nynfa se autointitula a primeira Pró-Bottom no BDSM do Brasil. Fetichista, sobretudo switcher, mas o com lado submissa mais forte. Ela já era exibicionista antes mesmo de se tornar sex worker. E encontrou no trabalho como acompanhante uma forma de saciar seu vicio por sexo e ainda assim pagar os boletos. Confira como foi nosso bate papo na entrevista à seguir…

Veja também: sites de acompanhantes | Atriz Porno que faz programa | Sexo

Ingrid Nynfa

Primeiramente Ingrid Nynfa, conta um pouco pra gente da sua trajetória, há quanto tempo você trabalha com produção de conteúdo adulto e como você entrou neste ramo?

Trabalho com venda de conteúdo adulto faz quase 3 anos. Também faço outros trabalhos como atendimentos no real sendo programas para clientes baunilhas, atendimentos Fetichistas e as Sessões de BDSM onde o principal diferencial é que também posso ser submissa em sessões quando o cliente é um dominador/sádico. Eu saí de uma relação de dominação e submissão que iria completar 4 anos e tive de me mudar para a cidade que eu morava antes da relação, sempre fui exibicionista desde que me descobri sexualmente e vi nisso uma oportunidade de fazer algo gostoso e que me gerasse renda. Já seguia algumas meninas com meu sex shop (loja virtual aberta desde 2015) e fui aprendendo observando-as. E sobre os programas vi uma forma de saciar meu vício (ninfomania) e pagar as contas.

O que você mais gosta no seu trabalho como Web Model? E o que você não gosta? Hoje já é sua atividade principal Ingrid Nynfa?

Os trabalhos virtuais não são minha atividade principal. Meu foco é o real, eu preciso da sensação que o real me traz e o virtual deixa a desejar, que é o toque físico, carnal, olho no olho. Não gosto de ter de lidar com gente idiota. 😅 Mas creio que isso tem em todos os trabalhos. Aliás, o bom de trabalhar virtualmente é que até quando não estou com o celular na mão, os comprovantes de pagamento dos meus trabalhos vão chegando. ❤️

Ingrid Nynfa, como é para você a sensação de ser desejada por tantos homens? Você se considera exibicionista?

É excitante e pessoalmente mais ainda, adoro fazer coisas básicas como ir ao mercado, feira e ver que estão me olhando e acabo me masturbando algumas vezes pensando nas pessoas aleatórias que troquei olhares. Sim me considero exibicionista, até em um nível que foge do normal, tenho prazer não somente em me exibir, mas também em chocar, em fazer isso em locais que não pode e saber que posso ser pega fazendo isso.

Como é seu dia a dia e sua rotina de trabalho? E quando não está trabalhando, o que você gosta de fazer nas horas vagas?

Ingrid Nynfa: Me divido entre os atendimentos, as divulgações, postagens em grupos e redes sociais além da loja. Horas vagas aproveito pra organizar minha casa, comprar o necessário, assistir animes e séries, ir a eventos maioria de BDSM e ter sessões com meus partners que acabo criando conteúdo também com eles.

Você faz um planejamento para criação dos seus conteúdos ou faz por prazer e deixa o instinto te levar durante as gravações Ingrid Nynfa?

Vou unindo o útil ao agradável, vejo se o que está sendo pedido por clientes está ao meu alcance e faço, mas tenho também as metas pessoais que pretendo gravar pois gostaria de me ver naquela situação.

Você trabalha com a produção de materiais personalizados também? Se sim, recebe muitos pedidos inusitados por parte dos seus fãs? Lembra-se de algum curioso que possa nos contar?

Ingrid Nynfa: Trabalho as vezes. Outras mantenho a agenda fechada, mas pedido doido é o que mais tem. 🤣 Um cara queria que eu ficasse estimulando meu próprio umbigo e queria que eu introduzisse algo nele.

O que mudou na sua vida depois que você passou a trabalhar como WebModel? As pessoas próximas a você te apoiaram Ingrid Nynfa?

Eu não diria que as mudanças vieram por começar a trabalhar com isso, pois querendo ou não como praticante de BDSM e exibicionista eu já me exibia e era conhecida, só não ganhava dinheiro com isso. Então acho que as mudanças vieram mais por profissionalizar isso. Eu não ligo para essa coisa de apoio, sei lá, acho isso de precisar de aceitação algo tolo então eu realmente não me importo. Só vivo minha vida, pago minhas contas.

Já teve algum fato inusitado durante as gravações ou produção dos seus conteúdos que possa compartilhar conosco?

Ingrid Nynfa: A minha primeira gravação que mostrei o rosto (antes usava máscara nos vídeos) foi com o Ator pornô Nego Catra e a gente nem havia combinado nada antes, entretanto, saímos, gravamos e eu gostei de como fiquei bem puta dando pra ele e decidi passar a mostrar o rosto.

Ingrid Nynfa

Além de WebModel, você pretende expandir seus conteúdos para outras plataformas, como Xvideos e PornHub?

Ingrid Nynfa: Já tenho um canal no xvideos, mas não monetizo, só postei uns vídeos lá e com isso já consegui bastante clientes para atendimento real.

Apesar de trabalhar com conteúdo erótico, você curte assistir pornô também? Algum tipo preferido?

Ingrid Nynfa: Gosto de porno sim. Curto lesbo, Gang Bang e Ménage Masculino, principalmente sendo ambos interracial, alguns vídeos de BDSM.

Da mesma forma Ingrid Nynfa, o que te excita na hora do sexo e o que alguém precisa ter para chamar a sua atenção?

Saber beijar e uma pegada mais firme é algo que curto durante o sexo, saber onde tocar e como. O que ter pra chamar minha atenção? Varia muito que nem eu consigo dizer. Eu prefiro experimentar pra ver se gosto ou se me decepciono. Mas algo que realmente me excita são caras mais velhos. Com idade para serem meus pais acho que essa é a única característica mais marcante embora mais novos eu não dispense.

Tem algum sonho que você ainda deseja realizar? Você tem alguma sex worker que te inspire?

Ingrid Nynfa: Casa própria e carro próprio, quem nunca, né? 😂 Mas meu sonho é gravar com produtoras pornô vídeos relacionados ao universo que faço parte há quase 9 anos que é o BDSM. Acho que como praticante seria extremamente gostoso e bem mais real para o público essa experiência. Amo de paixão Asa Akira, Mel Fire, Bruninha Fitness, Emme White, Dommenique Luxor, Mistress Mahara, Mistress Charlotte.

Que dicas você, Ingrid Nynfa , daria pra uma garota que está pensando em se tornar uma Sex Worker ou mesmo só para mulheres, homens ou casais que desejem explorar mais seu lado exibicionista?

Saiba onde você está se metendo, internet é um caminho sem volta. Lidar com nosso corpo pode ser bem mais difícil e abusivo quando não se tem muita maturidade pra decidir se é esse caminho que queremos seguir. Nossa imagem pode não ser mais a mesma e quando se tem algo a perder com essa exposição é necessário avaliar se as consequências não serão desastrosas a longo prazo.

Ingrid Nynfa

Por fim, muito obrigado pela atenção e carinho de nos receber Ingrid Nynfa, o espaço é todo seu, deixe um recado final para nossos leitores: Onde as pessoas podem encontrar seus conteúdos?

Obrigada eu! Espero que tenha sido interessante essa leitura para os seguidores. Se quer conhecer mais sobre mim só me acompanhar nas minhas principais redes sociais.

hantes Instagram | Sexo

COMENTE JÁ

Mais posts pra você