Tina Fire – um espetáculo brasileiro pelo mundo!

Tina Fire é uma atriz porno brasileira que está fazendo fama internacional com seus talentos sexuais e beleza irretocável. Confira a entrevista exclusiva!

Nome: Tina Fire
Idade: 21 anos
Cidade: Bilbao – Espanha

Tina Fire

Tina Fire é uma atriz porno brasileira em ascensão. Seu sucesso no exterior já é notável, especialmente na Espanha, onde reside e administra a carreira. Mesmo trabalhando em grandes estúdios do país, ela ainda produz conteúdo especial para seus seguidores. Nós, do Testosterona, sempre gostamos de apresentar novos rostos dessa indústria. Por isso, tivemos o prazer de entrevistá-la e conhecer mais sobre sua carreira, vida pessoal e projeções de seu futuro. 

Latinas Porno

Tina Fire, quando você decidiu entrar para a pornografia? Como tem sido sua experiência na Espanha?

Tina Fire: eu entrei no porno com 18 anos em uma loucura de “quero conhecer coisas novas” e “só se vive uma vez”(risos). Busquei e encontrei o Marcelo do [site] Gostosas Vídeo, fiz alguns filmes, fui para a Casa das Brasileirinhas e depois diminui a demanda de fazer porno no Brasil por motivos familiares.

8 meses atrás [entrevista publicada a 1ª vez em 12 de junho de 2020] vim para a Espanha e, bem, resolvi continuar com o pornô. Aqui tive experiências incríveis, experimentei coisas novas que eu nunca tinha feito, aprendi sobre plataformas novas e assim vou me interessando cada dia mais e gravando não apenas para produtoras, mas também para mim mesma.

O que você fazia antes do pornô?

Tina Fire: eu, como comecei muito jovem, estava fazendo faculdade de Odontologia e trabalhava em um hospital em São Paulo como estagiária.

Tina Fire, como as pessoas próximas de você reagiram a sua entrada no pornô?

Tina Fire: bem, em geral meus amigos sempre tiveram muito orgulho, ajudaram muito e ainda me ajudam. Minha família sempre julgou e nunca aceitou. Hoje, depois de perder a minha mãe, meus irmãos aceitam e dão forças.

O que mudou na sua vida com seu trabalho no pornô?

Tina: mudou muita coisa! Abriu portas para novos mundos, não apenas no porno, mas como modelo fotográfica, participações em festas e em conhecer pessoas. Na faculdade, quando estava terminando, as pessoas descobriram e então às vezes faziam piadinhas, mas nada que me afetou muito. Sempre vai ter o lado bom e ruim!

Você prefere gravar para estúdios ou para seu OnlyFans? Existe uma diferença para você?

Tina Fire: bem, os dois são válidos! Adoro gravar com produtoras pela facilidade de apenas ir, decorar uma fala que já está pronta, gravar e receber. Agora, no Onlyfans, eu tenho a liberdade de criar o que eu vou subir. Eu coloco meus preços e tenho o lucro sozinha já que fiz todo o trabalho. Além da oportunidade de vender conteúdos mais baratos, mas que muitas pessoas comprem.

O que você gosta de fazer nas horas vagas?

Tina Fire: quase não tenho (risos)! Mas, quando tenho, gosto de assistir animes, sair para tomar um café na rua. Uma coisa que eu percebo é que quando tenho um tempo livre, fico buscando ideia para novos vídeos.

Tina, que tipo de cena você mais gosta de gravar?

Tina: eu gosto mais de gravar lésbico, trio e anal. Gosto de fetiches também, porque sempre descubro fetiches que eu nem imaginava que tinha (risos).

O que você mais gosta por estar no meio pornô?

Tina Fire: eu amo o sexo, primeiramente! Gosto das pessoas envolvidas e a maneira que pensam, como os homens que parecem brutos quando assistimos, mas são pessoalmente uns amores. Adoro isso.

Quais as pessoas do meio que você admira?

Tina Fire: ai, tem muitas! Eu admiro muitas brasileiras como Mia Linz, Dread Hot, assim como admiro muitas estrangeiras como Angela White e Sasha Gray.

Você sabe quantas cenas já gravou até hoje? Tem alguma preferida?

Tina Fire: eu já gravei em média umas 25 cenas [para produtoras]. A que eu mais gostei foi um dos meus primeiros filmes, que foi fetiche por pés. Eu não tinha noção de como era, do que era. Creio que foi um filme que marcou e me fez ter curiosidade de ir além com meus fetiches, conhecer-me mais e gravar mais.

Tina, você já era consumidora de conteúdo pornô antes de entrar pro meio? 

Tina Fire: acredito que todo mundo gosta de um porno, principalmente na adolescência (risos).  

Qual seu tipo preferido de pornô?

Tina: um tipo preferido creio que não tenho, vai de dias ou vai do que quero ver naquele momento. Exemplo: quero ver um cara chupando a pepeca da mulher. Busco e vou naquele que mais me agrada, seja amador ou profissional.

Conta um fetiche da Tina Fire pra gente?

Tina Fire: um fetiche meu é ser amarrada e vendada, e que a pessoa faça o que quiser comigo, a sensação de curiosidade e de sentir o momento… Puff… Amo!

Como é a relação dos seus fãs com você?

Tina Fire: meus fãs são super educados, simpáticos e respeitosos. Têm fãs que fazem coisas incríveis por mim, mandam mensagens lindas, assim como tem alguns que são um pouco mal-educados e sem noção. Mas isso sempre tem.

Tina Fire, você já conhecia o Testosterona? O que você mais gosta no blog?

Tina: eu conheci o Testosterona faz um tempo, quando fazia uma pesquisa no Google sobre as atrizes brasileiras e tudo mais. Acabou que eu achei e desde então muitas coisas eu estou estudando, curiosidades que tenho. Creio que é um dos blogs brasileiros mais completos em relação ao assunto.

O espaço é seu pra deixar um recado pros nossos leitores.

Tina Fire: ai, amores, muito obrigada por essa entrevista! Convido a todos vocês a me seguirem no Instagram, Twitter e OnlyFans. Aliás, gostaria de ter mais fãs brasileiros. Espero que gostem do meu conteúdo e saibam que vou levar o nome do Brasil para o mundo da melhor maneira. Muitos beijos a todos.

Tina Fire porno

Veja Também: Atrizes Porno Brasileiras | Xvideos Brasil