Home Bebidas Corona: Pesquisa aponta que a cerveja lembra o vírus

Corona: Pesquisa aponta que a cerveja lembra o vírus

Quando você pensa em Corona, qual a primeira coisa que vem a sua mente? Exatamente no vírus que está consumindo a população da Terra e não na cerveja mexicana.

Corona vs Coronavírus

Segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, consumidores americanos não estão comprando a marca porque para eles faz totalmente analogia ao momento caótico vivido pelo surto do vírus em seu país e no mundo inteiro.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa 5W Public Relations pelo New York Post, 38% das pessoas entrevistadas afirmaram que não comprariam a cerveja em hipótese alguma, tudo porque o medo toma conta devido ao Coronavírus. Nesse caso evitam totalmente adquirir o produto da marca.

Não há nenhuma dúvida que a cerveja Corona está sofrendo por causa do vírus”, disse disse Ronn Torossian, fundador da 5WPR, em comunicado à imprensa. ” Imagine alguém no bar alguém pedindo: ‘Ei, quero tomar uma Corona?’ Ou ‘Desce uma Corona.

A pesquisa também ressaltou que 14% dos entrevistados consomem tranquilamente a cerveja Corona, apesar de atualmente se sentirem receosos em pedir a bebida em qualquer lugar.

Eventualmente, se você procurar pela cerveja mexicana e o vírus no Google não encontrará nenhuma relação, exceto na semelhança dos nomes. A princípio, a empresa optou pelo silêncio, talvez a mais sensata.

O site Atlantic criticou negativamente a pesquisa feita pela empresa 5W. Que bombou no Twitter, declarando que os resultados são “imaginários” e usados apenas para divulgação negativa da marca.  

O comunicado de imprensa original da 5WPR ressalta que  737 americanos que bebiam a cerveja, desses, 38% disseram que não comprariam Corona sob nenhuma circunstância nenhuma. 

Ao afirmar que as perguntas trazem o contexto do coronavírus,  o resultado cria a impressão de que existe relutância por parte do público americano em beber a cerveja

Totalmente fabricada, Torossian está ignorando razões muito mais casuais que poderiam fazer os americanos a não consumir a cerveja, como por exemplo não gostar do sabor. Dos entrevistados, apenas 4% disseram que iriam parar de beber a marca.

Portanto, segundo ele, todos devem lavar as mãos e manter a higiene em dia, ainda mais nos momentos cruciais e tensos que vivemos. Porém, nada disso impede que não devemos parar de consumir a cerveja que amamos.

Mais posts pra você

COMENTE JÁ