Home Blog do Edu Carta aberta aos leitores: Pra onde o Testosterona está indo?

Carta aberta aos leitores: Pra onde o Testosterona está indo?

Antes de mais nada, se você ainda não leu nenhum outro post do “Blog do Edu“, eu sugiro que você clique aqui pra entender melhor a ideia. Já que este é um espaço pra que eu possa ter um canal de comunicação mais próximo com os leitores, e também dar meu ponto de vista de uma forma um pouco diferente do padrão das postagens.

Afinal, isso ainda é blog, e eu quero manter essa essência de fazer o que me der na telha, mesmo que seja pra falar sobre filosofia. Aliás, vamos falar sobre isso, pra onde o Testosterona está indo? O blog mudou? O que está acontecendo!!??

O Testosterona Mudou?

Recentemente nós desdobramos o Testosterona em dois blogs independentes, este aqui, e o Testosterona Porno. A ideia é simples, lá nós podemos focar em conteúdo adulto, e até mesmo mais explícito. E aqui, podemos deixar os posts mais leves e falar mais sobre o universo masculino, como sempre fizemos no últimos 12 anos.

Vai ter mais acesso na área pornô? Sem dúvidas. Mas eu não quero deixar de ter uma área onde a gente possa falar sobre séries, sobre cerveja, carros ou seja lá o que for. O Testosterona é o meu único e principal trabalho, e no meu ponto de vista precisa ser algo que me dê prazer de fazer.

O Testosterona é um blog pra exclusivamente pra homens?

Não, e nunca foi. Nós temos uma mulher como chefe de redação há 6 anos. O primeiro post assinado pela Francini é de 2014. Desde então ela me ajuda com ideias de pautas, temas e a gerenciar o Testosterona de forma geral. E olha, eu aprendi muita coisa com ela.

Ah, mas Edu, olha o nome: TESTOSTERONA, não é um site voltado pra homens? Não, é um blog sobre o universo masculino, e que por isso mesmo atrai atenção também das mulheres. Nós temos muitas leitoras que estão aqui pra ler sobre o universo masculino, mas que também gostam de sexo e de pornografia. Por que não fazer posts pra elas também?

Mas sabe o que acontece quando divulgamos um post pras leitoras no Facebook?

Tá, mas quem faz o blog?

Com a chegada da área pornô nós aumentamos o time de redatores, com mais homens e mulheres. Pra vocês terem uma ideia, o Julian entrou pra equipe no fim de 2019, o Rafa chegou em fevereiro. O Dino, a Carol e Suzy chegaram em maio. Ou seja, eu não faço o blog sozinho, e acredito que o maior exemplo que a gente possa dar hoje em dia é abrir espaço pra quem homens e mulheres estejam aqui presentes em igualdade.

Além disso, outra ideia que eu quero por em prática é que o Testosterona produza conteúdo voltado pra mulheres também. Principalmente a mulherada batalhadora que enfrenta diversos preconceitos por trabalhar com conteúdo adulto. Por isso, chamei a Aurora, que é camgirl, pra fazer posts sobre o universo das sex workers.

Se nós não puxarmos o debate com os nossos leitores sobre isso, não adianta nada mudar e ficar dando murro em ponta de faca. A mulher que trabalha com conteúdo adulto e que faz ensaio fotográfico não tá fazendo absolutamente nada de errado. E merece respeito.

Happy Hour da equipe do blog em 2018

Onde você quer chegar com isso, Edu?

Quero chegar num ponto onde vocês, leitores, entendam um pouco da caminhada do Testosterona até aqui, (e se você não leu os primeiros posts do Blog do Edu, isso aqui não está fazendo sentido nenhum mesmo). Nós ajudamos a propagar um comportamento errado por parte do homens, e só cabe a nós mesmos tentar mudar isso.

O Testosterona, encabeçado por mim, por muito tempo seguiu uma linha que via as mulheres como objeto, e eu demorei pra entender que nós podemos falar sobre mulheres por aqui de uma forma muito mais positiva, mostrando o lado sensual, mas também valorizando suas ideias e o que elas pensam.

O Edu virou feminista agora!?

Não, eu só to ficando mais velho mesmo, e percebendo que podemos dar voz pras mulheres numa boa. Peço que reparem em como os posts com leitoras ou mesmo os ensaios do Testosterona Girls sempre abriram espaço pra que as modelos se expressem e falem sobre si, não são só as fotos que importam.

Podemos fazer conteúdo pra elas, podemos ter posts feitos por elas e tá tudo bem! E isso não é de hoje, é um processo de mudança que vem acontecendo no blog há anos!

O que me motivou a fazer este post foi uma discussão na nossa Fanpage sobre ter ou não ter conteúdo pra mulheres no blog. E que me desculpem os leitores que não querem ver posts pras mulheres no Testosterona, mas eu vou continuar fazendo o que eu julgar correto.

Mais posts pra você

COMENTE JÁ