carro1

Há uma infinidade de pequenos truques que não apenas melhoram o consumo de combustível, como aumentam a vida útil do seu carro e te deixam bem menos puto com as quebras. Listei aqui 7 que considero bem relevantes e podem ser executados sempre. Confira:

1 – Calibre os pneus para economizar combustível

Isso mesmo! Quando o pneu está abaixo da pressão ideal, ele murcha, aumentando a área de atrito com o solo. Tendo maior atrito, ele exige que o motor faça mais força para movimentar o carro, gerando gasto extra de combustível. Então lembre-se de sempre conferir a pressão quando parar no posto.

2 – Aditivo de radiador para evitar superaquecimento

Essa na verdade tem dois lados. O líquido de arrefecimento (mistura de água com aditivo) tem duas funções básicas: resfriar o motor em temperaturas extremas, ou aquecê-lo (caso do etanol) para melhorar a queima inicial. Graças a alguns agentes químicos, o uso do aditivo nas proporções certas retarda a temperatura de ebulição da água, evitando que o motor “ferva”. Em locais onde a temperatura é mais baixa, ele também vai evitar que a água congele e seu motor venha a trincar o bloco.

3 – Ligue o carro, troque a bateria

Seu carro fica parado por muito tempo? Se sim, pegue o hábito de virar a chave algumas vezes na semana para que o alternador faça a carga da bateria, fazendo com que ela aproveite ao máximo sua vida útil. E falando em bateria: ela costuma funcionar com perfeição por até 12 meses. Depois disso é bem provável que você fique na mão. Então a dica é: já pense em trocar com 11 meses de uso.

4 – Alinhamento e balanceamento

Dois serviços rápidos e baratos. O alinhamento garante que seu carro continue com uma direção mais precisa e também auxilia naquela questão do atrito com o solo. É indicado para todas as vezes que é feito um rodízio ou troca de pneus, incluindo o estepe. O balanceamento vai acertar a distribuição de peso das rodas, corrigindo falhas causadas por buracos e oferecendo um movimento mais estável.

carro2

5 – Não dê tranco

Foi teimoso e não seguiu a dica acima? NEM PENSE em empurrar para funcionar, principalmente se o carro tiver duplo comando de válvulas. O tranco pode causar rompimento da correia dentada ou atraso/adiantamento de ponto. Esta mudança de ponto pode fazer com que os pistões batam nas válvulas e gerem uma quebra interna, ou então até um calço hidráulico que, em motores diesel, causa uma explosão.

6 – Limpeza dos bicos

Isso se faz em menos de meia-hora! Na limpeza dos bicos, um mecânico vai remover os bicos injetores de combustível e colocá-los em um aparelho ultrassônico que efetua uma “faxina” impossível de ser feita à mão, eliminando praticamente qualquer partícula de sujeira. Isso garante melhor fornecimento de combustível ao motor, rendendo mais sem exigir muito.

7 – Freio-motor

É mais uma técnica que precisa ser bem praticada: ao contrário do que aprendemos em métodos comuns de direção, no freio-motor você acelera a frenagem do veículo sem utilizar a embreagem. Este método funciona melhor em altas velocidades, quando o carro precisa parar em bem menos tempo. O espaço necessário para a frenagem reduz, o carro não “corre livre” por causa da embreagem e o motor força as rodas a reduzirem a velocidade, deixando o carro com mais lastro. É um esquema delicado, mas que pode ser bem executado após muita prática.