Desde os tempos de Nicolas Cage como Randall “Memphis” Raines roubando carros em 60 segundos, eu percebi que tinha um sonho de chegar perto de um Shelby Mustang 67 e, quem sabe um dia, pilotá-lo. Depois surgiu a franquia Velozes e Furiosos e a vontade de conhecer outras máquinas só aumentou. Mas nada era comparado ao entusiasmo que eu sempre tive pelo modelo da Ford.

O Mustang é um carro que desperta algo na gente que é bem difícil de explicar – só quem entende sabe. Eu busquei alguns caminhos para chegar num momento onde eu pudesse contemplar esse carrão de perto. A jornada foi longa e, para encurtar caminhos, eu fui até estagiário de uma revista de carro, cheguei a cobrir o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo em 2012, tentei ao máximo me manter naquela redação, afinal um dia a chance de conhecer e pilotar o carro poderia chegar muito mais fácil do que eu imaginava. Mas não foi o que aconteceu. Eu me desliguei da revista poucos meses depois de ser contratado.

mustang-2018

Um carro de muita história

O sonho de conhecer o Mustang seria adiado por longos seis anos. Mas aguentei firme e enquanto o grande dia não chegava, eu me virava como dava. Era tocar Painted On My Heart, do grupo londrino The Cult – tema principal do filme 60 Segundos (2000) -, e todo aquele sentimento que eu tinha com o Mustang ficava ainda mais forte. Ele já foi personagem de mais de 3.000 filmes e séries, é o carro que mais participou de produções na indústria. Já vendeu mais de 10 milhões de unidades no mundo todo, porém uma das coisas que mais chama a atenção em sua história, é saber que a primeira pessoa que colocou as mãos no carro que seria desejado por 10 entre 10 homens, foi uma mulher.

Sim, isso mesmo que você acabou de ler, a primeira compradora do Mustang foi uma professora americana chamada Gail Wise. Em 15 de abril de 1964, dois dias antes de o modelo, que se tornaria lendário, ser lançado oficialmente, Wise com seus 22 anos comprou um Mustang conversível azul claro. Ela tem esse carro até hoje, e atualmente o seu Mustang participa de diversas celebrações da Ford e está avaliado em mais de R$ 1,3 milhão.

mustang-brasil-2018

Mustang no Brasil

No começo deste ano no estande que a Ford colocou na Campus Party, eu realizei o sonho de chegar perto do Mustang. Consegui entrar no carro, sentar no banco, segurar em seu volante e projetar muito daquilo que eu havia imaginado por anos. Tirei algumas fotos e em poucos minutos perto da lenda eu me senti um pouco realizado. Mas a grande surpresa viria seis meses depois.

A convite da Ford e do Blog Testosterona eu fui até o autódromo da Fazenda Capuava, no interior de São Paulo, testar o Mustang. Aquele momento era meu, finalmente eu seria o Memphis, finalmente eu ia poder pisar fundo e pilotar essa máquina lendária. E, detalhe, não seria em qualquer lugar – seria em um autódromo. Qual a chance de uma parada dessas cair no colo de alguém assim do nada? Pois é, nem eu acreditei, mas caiu aqui no meu!

O evento na fazenda Capuava foi incrível. Antes de nos prepararmos para acelerar a lenda, nós tivemos uma apresentação sobre todas as novidades do Mustang que começou a ser vendido oficialmente no Brasil em 2018. Antigamente era possível comprar o carro somente por meio de importação e, até dezembro de 2017, 1610 carros foram adquiridos dessa forma. A partir deste ano, é possível comprar um Ford Mustang em qualquer concessionária da montadora.

ford-mustang-2018

Pisando fundo

Após conhecer todas as novidades que o Mustang possui, chegava a hora de entrar no carro e viver tudo aquilo que eu alimentei em um sonho por mais de duas décadas. Foram três voltas no autódromo, e todas elas guiadas por um profissional da Ford que te ajudava com o traçado da pista e também com a condução do veículo. Ao meu lado esteve o grande Magno, piloto de testes da Ford há 16 anos, um cara muito simpático e competente que me deixou muito tranquilo e à vontade com o esportivo. O Mustang não é um carro comum e pilotá-lo em um autódromo também não é como dirigí-lo em vias comuns.

Por isso houve esse cuidado da Ford em deixar sempre designada uma pessoa pra te orientar a tirar o máximo do carro numa pista como aquela. Usando de metáforas do filme Tropa de Elite (2007), eu “fatiei” e passei por curvas e retas numa velocidade que eu nem acreditava que um dia eu iria atingir em um carro. Muito menos num esportivo. Optei pela transmissão automática, pois não queria tirar a atenção do carro com a troca de marchas e muito menos dar uma de bração deixando o Mustang morrer em algum momento. Tudo que eu queria fazer era sentar no banco, ajustar os retrovisores e pisar fundo. E foi o que aconteceu!

mustang-2018-preco

Três voltas inesquecíveis

Na primeira volta o Magno me instruiu a conhecer melhor a pista, a saber os pontos de frenagem, a entrada certa nas curvas e os momentos cruciais para a aceleração máxima. Na segunda volta, mais confiante e conhecendo melhor o traçado, eu pude enfim sentir meu corpo colando no banco e o Mustang acelerando a mais de 180 km/h. Na terceira volta, tudo que eu queria era que aquele momento parasse, que a minha trilha sonora fosse o ronco do motor movido a 466 cavalos de potência num torque de 51 kg. Eu só queria que aquela sensação que eu estava tendo naquele momento, naquele autódromo e dentro de um Mustang se eternizasse! Mas como alegria de pobre dura pouco, as três voltas que eu dei com o Mustang na pista duraram também.

Eu saí do carro sentindo a adrenalina ainda consumindo meu corpo, estava totalmente entusiasmado. Nunca imaginei que a sensação de ter um sonho realizado era aquela que me dominava, e por mais que eu tente expressar com palavras, não sairá aqui tudo que minha mente e corpo viveram naquele autódromo. Eu já tive a oportunidade de pilotar outro carro esportivo, um Audi TT, mas a sensação não chega nem perto daquela que eu senti com o Mustang.

pilotar-mustang-sonho

Esse carro é especial, não só por sua história, muito menos pelo charme, poder e robustez que ele apresenta, mas por tudo isso que ele faz despertar nos mais de 8,5 milhões de fãs espalhados pelo mundo.

Ah, pra quem deve estar perguntando sobre o preço, o Ford Mustang custa R$ 299.900. Com R$ 300 mil você compra um e ainda sobra R$ 100 reais pra você gastar com lanches.

 

Leia também