2008 foi um ano difícil pra muita gente, tudo isso porque os 12 meses ficaram marcados por dar início à maior crise internacional financeira desde 1929. No Brasil, uma das saídas foi a redução dos IPIs dos automóveis, lançando um time de modelos campeões no segmento. Mas já pensou como os carros mais vendidos daquela época estão depois de uma década no mercado? A gente te conta!

Mais desvalorizados

O campeão de desvalorização dentre os mais vendidos de 2008 é o Honda Civic EXS 1.8 16V AT FLEX 4P (Básico), que se consolidou e modernizou no decorrer da última década. Em 2008, o valor de um 0km era de R$ 82 mil. Dez anos depois, a mesma versão pode ser adquirida por R$ 35.700, uma queda de 56,5% no valor.

O segundo da lista dos mais desvalorizados é o Fiat Palio 1.8R N.SERIE FLEX 2P (Básico) que, há dez anos, um consumidor encontrava o modelo 0km por R$ 42 mil. Passado uma década, ele pode ser comprado por R$ 19.890, o que representa 52,6% de desvalorização.

 

Menos desvalorizados

Já os modelos e versões que enfrentaram as movimentações delicadas do mercado na última década – e saíram com danos de desvalorização reduzidos -, mostram que é possível se reinventar no gosto dos brasileiros. Como é o caso de um queridinho da Fiat, o PALIO FIRE 1.0 8V FLEX 4P (Básico). Com apenas 34,7% de desvalorização adquiridos ao longo do tempo, a versão lidera o ranking dos menos desvalorizados. 

Seguindo a lista, outro Fiat conhecido do consumidor aparece. O STRADA CS FIRE 1.4 8V FLEX 2P (Básico) alcançou a média de 36,9% na desvalorização, no qual um usado pode ser adquirido por R$ 19.500, enquanto o 0km era vendido por R$ 30.900 em 2008. Outro destaque dessa análise foram versões do Celta, carro conhecido da Chevrolet. As versões do Super, duas ou quatro portas, marcaram presença entre os que saíram menos prejudicados do período.



Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter