cervejaria-Wäls-cervejas-de-guarda
Com certeza você já ouviu que uísques e cachaças melhoram com o tempo, tendo alguns rótulos com décadas de envelhecimento em barris antes de irem para as garrafas. Mas você sabia que para a cerveja isso também é possível?

A maioria das cervejas atingem seu ápice ainda quando jovens, devendo ser degustadas o mais fresca possível. Normalmente estas cervejas são leves e com baixa graduação alcoólica, porém existem algumas exceções, que são as cervejas que chamamos de guarda. A regra geral são para cervejas com uma graduação alcoólica maior.

Quando falamos de guardar cerveja, a primeira pergunta que se vem a cabeça é “mas se eu tomar cerveja com o prazo de validade vencido, vai me fazer mal”? A resposta é simples, NÃO! A cerveja possui características que evitam a existência de organismos patológicos devido ao seu baixo pH, ao álcool, ao gás carbônico e até mesmo por algumas propriedades do lúpulo. Então cerveja vencida pode ser tomada sem medo, beleza? Aproveitem esta dica para comprar alguns rótulos mais baratos quando estiverem próximos a data de validade! rsrsrs

Mas por que devo envelhecer uma cerveja? Alguns estilos de cerveja ganham características únicas e mais complexas com o passar do tempo, trazendo experiências sensoriais novas daquela mesma cerveja.

Quais cervejas posso envelhecer? Como foi dito acima (lembrando que não é uma regra, pois cada um pode criar a sua experiência), as cervejas que podem apresentar uma melhoria com o tempo são as cervejas com maior graduação alcoólica. O álcool é um conservante natural e normalmente a graduação aconselhada para o envelhecimento é acima dos 7% de ABV. Por isso os estilos mais procurados para o envelhecimento (da “regra geral”) são as Barley Wines, Russian Imperial Stout, Dubbel, Tripel, Quadruppel, Doppelbock, Old Ale, Wee Heavy, Lambic Gueuze, Old Bruin, Bière de Garde e até alguns casos de Imperial IPA, pois as cervejas “mega-lupuladas” são produzidas para consumo breve, devido aos compostos aromáticos do lúpulo.

Como posso fazer a guarda destas cervejas? Esta sim é uma regra: Sempre em locais escuros e com temperatura amena. Os piores inimigos para o envelhecimento de uma cerveja é a luz e o calor. O ideal é manter a cerveja em temperatura constante, sem grandes oscilações, entre 12˚C e 15˚C. Nem todo mundo pode ter uma geladeira, um frigobar ou uma adega climatizada destinada ao envelhecimento das suas cervejas e caso esta seja a sua situação, aconselho a usar o seu armário como “adega”. O posicionamento da garrafa também é importante. As cervejas com tampas metálicas devem ser guardadas sempre na posição vertical para evitar o contato com a tampinha. Já as garrafas rolhadas geram uma grande discussão, uns dizem para mantê-las em pé, outros deitadas. Não existe nenhum estudo que aponte o certo e o errado, mas eu as mantenho deitadas, acreditando na ideia de manter úmida a rolha, quando de cortiça. E não se esqueça da dica mais importante: para um melhor resultado, mantenha estas cervejas longe do acesso fácil, pois a tentação de degustá-las é grande!

Por quanto tempo posso guardar a minha cerveja? A grande maioria das cervejas de guarda tem o seu ápice entre os 3 e 5 anos. São poucos os exemplares que melhoram com mais de 5 anos, mas tenho notícia de uma Chimay que ficou por 20 anos na garrafa e quando foi degustada, o felizardo disse que foi uma experiência ímpar. O que é certo é que poucas cervejas vão atingir o seu ápice com apenas 1 ano de guarda.

Quais rótulos são legais para guarda? Aconselho iniciar com rótulos mais fáceis de serem encontrados como a Gouden Carolus, Chimay Blue, Rochefort 10, Fuller’s Vintage, Rogue XS, North Coast Old Rasputin, Tupiniquim Monjolo, Geuze Mariage Parfait, entre outros. O legal é você comprar pelo menos dois exemplares do rótulo que você deseja envelhecer para degustar a cerveja hoje e depois do tempo de guarda, para sentir as diferenças que foram geradas. Normalmente eu faço com quatro exemplares, sendo um para ser degustado na hora e outros, um a cada ano. Não se esqueça de criar a sua lista com todas as informações da cerveja, para que você tenha um controle legal sobre a sua adega de guarda!

EIN PROSIT, E ATÉ A PRÓXIMA!