Home Contos Eróticos Conto Erótico: No Elevador…

Conto Erótico: No Elevador…

Todo dia de manhã eu esbarrava no elevador do trabalho com aquela elegância de terno escuro. ⠀⠀⠀⠀⁣ ⁣ 

Chamavam ele de Dr. Será que era médico, advogado ou alguém com doutorado ?

Pouco sabia dele, só que trabalhávamos no mesmo edifício em andares diferentes.

O horário de trabalho era o mesmo: antes das 8h ele entrava apressado no elevador com aquele cheiro bom do cabelo lavado.⠀

Um homem charmoso, estilo bad boy, gordinho, barbudo, de cabeça raspada e com algumas tatuagens saindo pela gola da camisa.

No elevador lotado eu respirava o seu perfume e sentia sua perna encostada na minha. Eu olhei de soslaio e procurei medir com meus olhos o tamanho da mala na calça do terno.

Só que não consegui definir seu pau, mesmo com a proximidade.

Outro dia, no mesmo elevador, parei atrás dele. Ele estava com calça jeans e um capacete de moto pendurado no braço. ⁣ Na posição que estava vi de lado seu celular e bisbilhotei umas fotos suas em roupas negras, com um ar soturno com botas e couro que me deixou mais curiosa pela sua pessoa.

No fim do expediente neste mesmo dia fui jogar o lixo fora e vi um vulto nas escadas subindo uns andares. Mesmo sem definir o que era fui atrás e corri para tentar alcançar.

Eu entrei dois andares acima e não vi nada no corredor. Até que uma fresta aberta na última sala me fez parar. Tinha uma luz vermelha ali dentro, uns gemidos baixinhos e barulho de tapa.

⁣Me aproximei mais da porta: ele chupava uma mulher deliciosa.⁣ ⁣ Ela estava sentada em uma mesa com as pernas abertas e amarradas, o corpo estava jogado para trás e a buceta estava escancarada na cara dele. Com movimentos coordenados ele metia a língua com os dedos, alternando chupadas com massagem.⁣ ⁣ Ela tremia de êxtase sem poder se mexer muito toda amarrada.⠀⠀⁣ ⠀⠀⠀⁣ 
A cena me hipnotizou.⁣ Minha vontade era de pedir:

– Me chupa também ?

Os meus dedos buscavam a minha b. e ela desejava aquela língua também. Eu abri a porta e entrei sem ser convidada, tirei a calcinha no meio da sala, joguei nele e disse:⠀⠀⁣
 – Agora é a minha vez, eu também quero!

 Levantei a saia e mostrei a ele minha buceta já piscando de vontade.⠀⠀⁣ ⁣ 
Ele me olhou sorrindo e disse:⠀⠀⁣ 
– Sentia que era uma devassa só pelo seu jeito de andar. Eu já te vi várias vezes me rondando no elevador.

⁣Me afastei dele, cheguei perto da mesa e, com minha língua de gato, subi pelas pernas abertas daquela mulher deliciosa, dei um beijo em sua buceta e terminei beijando sua boca.⁣

Ela tinha os lábios macios, o hálito doce com uma língua safada que brincava com a minha. Que mulher gostosa!⁣ ⠀⠀⁣⠀

– Deixa ele me chupar também? ⠀⠀

Me posicionei na sua cara e deixei a sua língua se apresentar a mim.

 A barba me fazia cócegas entre as pernas e eu rebolando com a sua língua macia explorando as minhas entranhas. ⁣ ⁣Enquanto ele me chupava eu me masturbava para aumentar as sensações.⁣ ⁣ O tesão era tanto que as pernas não se aguentavam em pé, parecia que ia desfalecer de prazer em meio a todos os estímulos. ⁣ ⁣

O desejo denominava meus sentidos e a euforia do orgasmo me levou até o momento que explodi em um gozo frenético.⁣ ⁣ Abri os olhos perdida sem saber onde estava, me aproximei da mulher ainda arreganhada na mesa cheia de vontades.⁣ ⁣ Dei um beijo em sua boca, agradeci e fui embora. ⁣ ⁣ 

Agora há uma nova rotina.⁣ Quando encontro ele no elevador me encosto na parede do fundo e deslizo a mão de encontro ao seu pau para deixar meu recado:⁣ ⁣

 – Quero te dar!⠀

Por: @bella_slanka

Para quem gosta de ler contos eróticos,  ela tem um ebook com histórias de mulheres reais.⠀Baixe aqui –>⠀https://bit.ly/ContobellaLP

COMENTE JÁ

Mais posts pra você