supla-papito
Marina Rojas chegou na final do reality “Papito in Love”, da MTV Brasil, desbancou 15 concorrentes, mas trocou o sonho de se casar com Supla em Las Vegas pelo prêmio em dinheiro quando já estava no altar. Marina Rojas, a produtora de eventos de 28 anos, preferiu embolsar os R$50 mil reais porque teve medo de levar um fora em rede nacional e insegurança por não achar que seria a ganhadora.

As regras do reality estipulavam que a pretendente poderia levar o casamento às últimas e garantir R$100 mil no bolso ou desistir do casamento e embolsar R$50 mil, mas a escolha deveria ser feita sem o cantor saber, ou seja, Marina ainda não sabia que era ela a escolhida do roqueiro quando teve que optar pela grana ou pelo casamento.

Marina1
A paulistana conta que o medo falou mais alto na hora de apostar. “Eu optei pelo dinheiro porque achava que ele nunca me escolheria. Os dates com a Bruna Félix (outra finalista) sempre pareciam ser mais legais, eu tive medo de levar um fora. Escolhi não casar e, no fim, era eu a noiva! Acabei ficando sem o casório!”, conta Marina.

Pra gente do Testosterona, ela contou com mais detalhes essa história toda:

– Por que você topou entrar nesse reality?
Topei entrar, pois vi ali uma grande possibilidade de chegar perto de um cara que curtia há anos. Todas as tentativas de encontrar-lo, anteriormente, tinham sido frustradas! Pelo histórico de ter tentando chamar a atenção dele fora do Reality, mandando mensagens e tal … Arrisquei tudo e fui!

– Por qual outro famoso faria o mesmo?
Nossa, nenhum! É loucura demais tudo isso. Acho que algo natural, sem câmera, sem jogo, têm mais chances de dar certo!

– Pensava em fazer isso desde o começo?
Como disse, jamais pensei! Simplesmente aconteceu. Como chegar perto dele era algo que queria muito, me joguei de cabeça – joguei tanto que bati no chão – diga-se de passagem!

supla-casamento-marina

– Não tem chance de você e o Supla continuarem conversando e rolar alguma coisa?
Isso é melhor ver com ele! Por mim super pode ser! Afinal, apostei e segurei um rojão estando lá, por mais que erros tenham acontecido no final do percurso, maior prova que essa não têm!

– Qual o plano para o dinheiro agora?
Esse dinheiro foi destinado no momento que ganhei. Ajudei a pessoa mais importante da minha vida e dei uma parte para a Bruna, a outra noiva. Pois ninguém ganha sozinho em um jogo, jamais a deixaria na mão!

– Você disse que está “fechada pra balanço” agora. Mas conseguiu ficar mais confiante e melhorar a autoestima depois dessa? (Risos)
Fechada pra balanço estou faz uns 8 anos, agora diria que estou lacrada mesmo! (Risos) Preciso digerir tudo isso que aconteceu, toda a repercussão do Programa e seguir em frente. Autoestima sempre eleva um pouco, mas essas coisas nunca encheram meus olhos, prefiro ser lembrada por outras coisas, marcar de uma outra maneira. Mas claro que deu uma “valorizada” no passe!