Aos 23 anos, Janaisa Morandin é uma gaúcha perigosa! A loira de estilo agressivo e muito preparo físico tem um belo cartel em sua carreira nas artes marciais mistas, 11 lutas na carreira a colocaram no caminho do cinturão mais importante do cenário feminino do MMA.

 

 

No dia primeiro de setembro Janaisa enfrentará a também brasileira Virna Jandiroba no Invicta FC 31, para quem não conhece o evento é um dos maiores expoentes das mulheres nas lutas, diversas gigantes do esporte já pisaram por lá e fizeram bonito, Cris Cyborg é um ótimo exemplo disso, sua carreira impecável foi construída por lá também.

Quem olha os passos de uma gigante também pensa alto, Morandin falou com exclusividade para o Testosterona sobre como foi o seu inicio no mundo das lutas:

Eu já lutava Muay Thai desde os 16 anos e recebi proposta de estrear no MMA quando fiz 18 anos. Aceitei e precisei me mudar da casa e cidade dos meus pais. E desde então sigo lutando pelo mesmo objetivo do começo que foi orgulhar minha família e fazer valer a pena esse sacrifício de estar longe deles. Treinei pra defender a mulher da minha vida. Hoje eu luto pra defender todas as mulheres.

Essa será a terceira luta dela em um evento internacional, para quem está acostumado com os homens sendo o centro das atenções no cage, ver a vez das mulheres sob os holofotes é incrível, perguntamos para a atleta sobre a diferenças entre o MMA masculino e feminino e como ela vê o crescimento do WMMA (sigla americana para MMA Feminino)

O MMA ainda é um esporte muito novo eu tenho certeza que ele tende a crescer cada vez mais, principalmente o feminino. Há 6 anos quando eu assisti o primeiro Invicta e disse pra minha mãe que um dia eu lutaria nesse evento, aquilo parecia muito distante e hoje com 23 anos estou indo disputar o cinturão. Mulheres antes nem podiam sonhar em lutar no UFC e hoje fazem lutas principais. É incrível!

Mostrando que a feminilidade existe mesmo entre os treinos e a dura rotina de um lutador, Janaisa topou fazer um ensaio no qual ela mostra muito mais do que apenas um par de golpes, confira

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

Janaisa Morandin Créditos: Adriano Coser

E para os fãs a “Evil Princess” deixou um recado especial

Eu só quero dizer que não importa qual seja o sonho, por mais impossível que pareça, se você trabalhar duro e acreditar ele pode se realizar. Digo isso como uma menina do interior que sonhava em lutar o maior evento feminino do mundo e hoje está nele. Se eu posso vocês podem também!

 



Leia também