Depois da loucura do jogo 5 das finais da Temporada 2018/2019 da NBA, que aconteceu nesta última segunda-feira, o jogo 6 acontece hoje, na Oracle Arena em Oakland, CA, com requintes de emoção e crueldade com os corações alheios.

Os confrontos das finais da NBA entre Toronto Raptors, campeão da Conferencia Leste, e Golden State Warriors, pela quinta vez consecutiva campeão da Conferência Oeste, começaram dia 30 de maio com vitória do Raptors em casa; o Warriors conseguiu empatar a série no jogo 2 também em Toronto. Após os dois confrontos iniciais na casa do Raptors, o Warriors recebeu o time canadense em Oakland e, para a surpresa geral da nação, o Toronto imprimiu duas vitórias maiúsculas na Califórnia, colocando o placar de 3-1 na série que tem um total de 7 partidas.

Jogo 5

O jogo 5, então, tomou proporções absurdas pela possibilidade de o Raptors poder ser campeão em casa, pela primeira vez na sua história, da NBA, fechando a série em 4-1.

A partida realizada dia 10, com tons de dramaticidade, explodiu e quebrou recorde de audiência da NBA na ESPN, canal que transmite a Liga Americana de Basquete aqui no Brasil, assim como uma excelente audiência à Band, que nesta temporada está exibindo, em rede aberta, todos os jogos da decisão.

Não foi pra menos, afinal de contas, foi uma partida emocionante do começo ao fim.

Kevin Durant, que estava lesionado no início das finais e perdeu todos os 4 primeiros jogos, estava confirmado para a partida e abrilhantava ainda mais a noite, já que os torcedores do Warriors atribuíam as vitórias do Raptors à falta de Kevin Durant em quadra. No início do jogo isso foi visível, visto que o diferencial trazido por Kevin Durant à partida fez com que o Warriors encerrasse o primeiro período com 6 pontos de vantagem, mesmo com toda a pressão da torcida no Air Canada Centre.

A lesão de Kevin Durant, ápice da partida até o momento, ocorreu faltando pouco menos de 10 minutos para o fim do segundo quarto, com o placar de 38 a 34 para o Warriors.

Durant deixou a quadra com ataques da torcida do Raptors, mas com alguns famosos, como o rapper Drake, fã assumido do Raptors, expressando sua tristeza com a saída do astro da partida.

Foi confirmado pelo próprio jogador que ele sofreu uma ruptura do ligamento do tornozelo, o tendão de Aquiles, o que o tirou do resto da disputa das finais e lhe obrigará a um período de 5 meses de recuperação.

Daí pra frente o confronto, que possuía uma dramaticidade pela possibilidade de o Toronto ser campeão e pela presença do Kevin Durant em quadra agora possuía outra… Será que o Warriors, sem Durant em quadra, conseguiria manter a vantagem e vencer a partida?

O resto do jogo foi parelho. Os placares dos segundo e terceiro quartos foram iguais, respectivamente 28×28 e 22×22, levando o jogo para o quarto período com um 88 a 84 no placar.

No último período é que o caldeirão ferveu

O Toronto buscou o jogo, o astro do time Kawhi Leonard, que passou a partida inteira sem dar os ares de suas apresentações espetaculares das partidas anteriores, passou a tomar conta do jogo, levando o Toronto à virada no placar próximo do fim da partida. Em dois minutos, Kawhi conseguiu marcar 10 pontos, fazendo a Air Canada Centre registar abalos sísmicos.

https://twitter.com/NBATV/status/1138286950681440257

Entretanto, com um minuto restando apenas de jogo, o Warriors foi guerreiro, como o nome diz, e voltou à frente do placar com duas bolas de três pontos espetaculares, uma do astro Steph Curry e outra de Klay Thompson. Os Splash Brothers, como são conhecidos a dupla do Golden State, mostraram a que vieram.

Faltavam 20 segundos quando o Toronto teve a última posse de bola da partida. O placar era de 106 a 105 para o Warriors, um ponto separava as duas equipes e uma cesta simples poderia dar o título ao time canadense, mas Kyle Lowry desperdiçou a chance de levantar a taça e a vitória ficou com a equipe californiana.

TEREMOS JOGO 6!!!

Depois do CAOS da segunda-feira, nesta quinta-feira teremos o sexto confronto entre as duas equipes, dessa vez na Oracle Arena, em Oakland, casa do Golden State Warriors. O placar segue 3-2 para o Toronto Raptors e uma vitória pode ainda dar o título inédito para a equipe canadense, mas os torcedores do Warriors acreditam no empate e na redenção, como ocorrido nas finais da temporada 2015/2016 com o Cleveland Cavaliers que, perdendo a série por 3-1 contra o próprio Golden State Warriors, conseguiu reverter a vantagem e se sagrar campeão na casa do Warriors.

Esta partida incrível, que pode definir o título da NBA ou pode dar ao Warriors a chance de ser campeão pela terceira vez consecutiva, acontece hoje, às 22h, com transmissão ao vivo da ESPN para todo o Brasil e da BAND na TV Aberta!



Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter