Home Esporte Seleção do Brasileirão 2020

Seleção do Brasileirão 2020

Seleção do Brasileirão 2020

Nesta quinta-feira (25), chegou ao fim mais um Campeonato Brasileiro, com o Flamengo levando o título pela segunda vez consecutiva. Nesse sentido, fizemos a nossa versão da Seleção do Brasileirão, com o principal jogador de cada posição. Confira:

Goleiro – Weverton (Palmeiras)

O arqueiro alviverde raramente tomou gols defensáveis e fez um Campeonato seguro do início ao fim. Weverton terminou o Campeonato como o goleiro que menos sofreu gols por jogo, e salvou o Palmeiras em diversos momentos.

Lateral-direito – Calegari (Fluminense)

O jovem lateral foi um dos pilares da surpreendente campanha do Fluminense neste Brasileirão. Com apenas 18 anos, demonstrou uma regularidade incrível e tem tudo para brilhar nos próximos anos.

Zagueiro – Júnior Alonso (Atlético-MG)

Liderando diversos scouts defensivos, Alonso tem a saída de bola como ponto forte principal, e foi o jogador que mais acertou passes no Campeonato, além de boas atuações defensivas. Um dos poucos que mantiveram o alto nível até o fim na campanha irregular do Atlético-MG.

Zagueiro – Victor Cuesta (Internacional)

Desde que chegou, o paraguaio se tornou o xerife da defesa do Palmeiras. O capitão e ídolo alviverde não deu chances aos adversário com muita segurança no setor, e é peça fundamental na equipe.

Lateral-esquerdo – Guilherme Arana (Atlético-MG)

Com quatro gols e seis assistências, Arana foi o segundo defensor que mais participou de gols no Campeonato. Vindo da Europa, o lateral mostrou que é acima da média no futebol brasileiro e foi um dos destaques do Galo.

Volante – Gérson (Flamengo)

Gérson tem apenas 23 anos, mas impressiona pelo vigor físico e pela técnica dentro de campo. O volante, mais uma vez, comandou o meio-campo do Flamengo em mais um título do Brasileirão.

Volante – Patrick (Internacional)

Com muita garra e habilidade, Patrick recuperou o protagonismo no Inter e foi um dos principais jogadores da grande campanha da equipe no Brasileirão. Destaque tanto na defesa quanto no ataque, o volante é onipresente em campo e tem tudo para se firmar como um dos melhores da posição.

Meio-campista – Vina (Ceará)

Um dos líderes em assistências do Campeonato, o meia teve um destaque jamais visto em sua carreira, já que colecionava passagens sem brilho por outros clubes. Com incríveis 22 participações em gols, Vina comandou o Ceará na melhor campanha do clube nordestino na história da competição em pontos corridos.

Meio-campista – Claudinho (Red Bull Bragantino)

Na minha opinião, o craque do Campeonato. Claudinho foi um dos artilheiros e liderou diversas estatísticas, além de ainda contribuir com assistências. Com muitos dribles e vários golaços, colecionou prêmios e tem tudo para ser vendido para um grande clube europeu.

Atacante – Marinho (Santos)

Marinho vive o auge de sua carreira e comandou o Santos neste Brasileirão. O carismático atacante deixou os memes de lado e participou de 24 gols em 27 partidas. Fatalmente seria artilheiro se não tivesse perdido vários jogos por lesão. Com seus mini mísseis aleatórios, ele bagunçou a marcação dos adversários e merece reconhecimento.

Atacante – Luciano (São Paulo)

Um dos artilheiros do Campeonato, Luciano manteve as boas atuações mesmo com a enorme queda de rendimento do São Paulo na reta final. Exímio finalizador e muito decisivo, talvez seja a única unanimidade entre os torcedores do clube paulista.

COMENTE JÁ

Mais posts pra você