Bojack Horseman é uma das séries originais da Netflix de maior sucesso da atualidade.

Bojack Horseman

Sempre passei por Bojack no catálogo da netflix e nunca dei a menor atenção. Eu não poderia estar mais errado.

Um belo dia resolvi assistir o piloto e logo de cara vi uns 4 episódios na sequência.

A primeira impressão é de estranheza, eu esperava algo cômico, mas a série é profunda e crítica.

 

Bojack é um ser extremamente danificado

O protagonista é um astro da tv em decadência que participou de uma série de grande sucesso na sua juventude.

Bojack é egocêntrico, preguiçoso, fracassado, autodestrutivo, cretino… E isso faz a série ser tão boa.

Os episódios são recheados de sarcasmo, reflexões sobre a vida, numa mistura de drama e comédia.

Nosso protagonista passa 95% do tempo reclamando da vida, tomando decisões erradas, se auto-sabotando, e inevitavelmente machucando todos ao seu redor.

 

Identificação com os personagens

Mr. Peanutbutter

Inúmeras vezes você enxerga em Bojack os seus próprios defeitos, mas isso não ocorre só com ele.

Outros personagens são bem trabalhados, com suas diversas personalidades, e sempre te fazem refletir

Portanto é fácil se reconhecer na pele do confuso Todd (amigo de Bojack), na eficiente Princess Carolyn (sua agente), ou na crítica Diane.

A mistura de humanos e animais agindo como humanos, deixa tudo ainda mais surreal e interessante.

Principalmente porque os animais carregam traços marcantes. Bojack relincha quando faz sexo, seu amigo Peanutbutter, um labrador, fica todo animado sempre que ouve uma campainha.

 

Referências pra todos os lados

Bojack Horseman

A animação tem tantas referências em cada episódio que é até difícil listar todas.

Mas você verá famosos, como a tarântula Quentin Tarantulino por exemplo.

Outras referências a famosos e à cultura pop acontecem a todo momento, e elas vão de Pablo Picasso a alguém com a camiseta do Misfits.

Em muitas cenas aparecem posters de filmes ao fundo, além da participação de algumas celebridades, como Daniel Radcliffe.

 

Nonsense é pouco

Quem já está familiarizado com os roteiros completamente insanos de Rick e Morty por exemplo, tira de letra os episódios mais viajados da série

Bojack é capaz de passar um episódio inteiro fazendo um discurso sobre si mesmo num velório. Em outro episódio completamente maluco, ele visita um mundo aquático e passa o episódio inteiro sem falar nada, numa sequência sensacional.

Mas a grande sacada da série são as críticas sobre como as pessoas se comportam, suas tristezas, seus erros, seus medos.

 

 7 momentos de Bojack Horseman que te fazem refletir

1 – Lidar consigo mesmo não é fácil. Mas você precisa tentar

Bojack Horseman

 

2 – Enfrentar seus demônios internos é bom. Mas não o tempo todo!

Bojack Horseman

 

3 – As amizades nem sempre são como esperamos que elas sejam

Bojack Horseman

 

4- A opinião dos outros nunca é mais importante do que a sua

Bojack Horseman

 

5 – Tem horas que é melhor por a tristeza pra fora mesmo

Bojack Horseman

 

6 – Sentir-se mal é perfeitamente aceitável. E acontece com todos nós

Bojack Horseman

 

7 – As pessoas vivem em suas próprias bolhas

Bojack Horseman



Leia também