Mais uma novidade sobre o longa que trata da vida de Elvis Presley: Olivia DeJonge, a atriz australiana, que ficou conhecida pelas série Hiding e The Society, será Priscilla Presley no filme de Baz Luhrmann.

No filme, o cineasta indicado ao Oscar Luhrmann irá explorar a vida e a música de Presley pelo prisma da sua complicada relação com seu enigmático empresário “coronel” Tom Parker, que será interpretado pelo duas vezes ganhador do Oscar Tom Hanks.

Olivia DeJonge como Priscilla Presley

A história vai mergulhar em sua complexa dinâmica por mais de 20 anos, desde o surgimento de Elvis até seu estrelato sem precedentes. Como pano de fundo está a paisagem cultural em evolução e a perda da inocência na América. Personagem central nessa jornada é Priscilla Presley, interpretada por Olivia DeJonge e uma das mais significativas e influentes pessoas na vida de Elvis.

Luhrmann, que é conhecido por ter um olho afiado em descobrir novos rostos, declarou: “Olivia é capaz de manifestar a profundidade e presença complexas que fizeram de Priscilla Presley um ícone por si só. Ela é uma jovem atriz extremamente talentosa e o contraponto perfeito para o Elvis de Austin”.

Olivia DeJonge tem um trabalho consistente em sua terra natal, a Austrália. Ela é conhecida por suas atuações nos filmes “A Visita”, “The Sisterhood of the Night”, “Perigo Próximo” e “Stray Dolls”, que estreou nos EUA no Festival de Cinema de Tribeca. Na televisão, ela estrelou as séries “The Society”, “Will” e “Hiding”.

Luhrmann vai dirigir a partir do roteiro que escreveu com Craig Pearce. Ele também irá produzir o longa ao lado da ganhadora de vários Oscars Catherine Martin (“O Grande Gatsby” e “Moulin Rouge: Amor em Vermelho”) – que também será designer de produção e figurinista –, Gail Berman, Patrick McCormick e Schuyler Weiss. Andrew Mittman será o produtor executivo.

As filmagens começam no início do próximo ano em Queensland, na Austrália, com o apoio do governo de Queensland, Screen Queensland e do programa Producer Offset do governo australiano.