Eric Cantona foi um habilidoso jogador, um dos melhores da sua época, e eterno ícone do Manchester United. Mesmo que embora o francês era digno de uma forte personalidade, que convenhamos, trouxe muitas polêmicas na sua carreira pelo futebol

Eric Cantona

Carreira de Cantona

Eric Cantona nasceu em Marselha, França. O francês iniciou sua carreira no time  Les Caillols, atuava em diversas posições, até mesmo foi colocado como goleiro. Mas foi apenas jogando pelo Auxerre que Eric demonstraria seu potencial. 

O francês só precisou de retirar dos gramados aos 18 anos para cumprir o serviço militar. Quando retornou, Eric Cantona recebeu inúmeras propostas por diversos times, mas acabou sendo emprestado para jogar pelo Martigues. 

Eric Cantona

Quando voltou para o Auxerre se envolveu em uma briga no gramado com seu companheiro de time, Bruno Martini, ao perceber que o goleiro não ajudou a limpar o gramado depois de uma forte nevasca, e ainda fez um sinal de desdém.

Apesar das complicações e rebeldia, Eric Cantona conquistou a Copa Sub-21 pela Seleção Francesa e foi contratado para jogar no Olympique Marseille.

Mesmo com um gênio forte, Cantona demonstrava uma boa liderança como atacante. Mas, como era de se esperar, ele também arrumou confusão no time, ainda mais depois de ser substituído em um jogo.

Depois de suas atitudes, a Federação Francesa de Futebol o cortou temporariamente do time. Eric repensou sua carreira e quase pensou em se aposentar, se não fosse pelo ídolo Michel Platini que o inspirou a começar novos ares na Inglaterra. Em 1992 começou a jogar pelo Leeds United, o que atraiu olhares do Manchester United. 

A glória de Eric em Manchester

Foi no Manchester United que Eric Cantona teve o auge de sua carreira no futebol, ele foi duas vezes campeão nacional vestindo a camisa do time e ganhou o posto de ídolo, suas conquistas levaram o time a ser reconhecido novamente no futebol europeu. Mas é claro, seu temperamento não foi extinguido e devido uma briga de bar, o jogador foi preso. 

O verdadeiro ápice veio depois, em uma partida contra o Crystal Palace em 1995, onde acabou sendo expulso por um cartão vermelho, Eric caminhava para o vestiário, quando foi xingado por diversos torcedores. Entre eles, estava Matthews Simmons, um hooligan, Eric Cantona não pensou duas vezes e deu uma voadora no sujeito.

A consequência do ato foi a suspensão dos gramados do por nove meses sob ordem da FIFA, além de não foi chamado para Seleção da França na Copa de 98, onde foi substituído por Zidane.

A aposentadoria de Eric Cantona

Eric Cantona

Mesmo hesitante, Cantona decidiu dessa vez se aposentar aos 30 anos. Longe dos campos, ele virou garoto propaganda de várias marcas, especialmente da Nike. Eric ainda se aventurou no cinema como ator de algumas produções, o que incluía um filme onde ele vivia a si mesmo em A Procura de Eric (2009).

Nos últimos anos, Eric Cantona comandou o time Cosmos, mas foi expulso depois de algumas confusões, como sempre. Mesmo que seja repleto de polêmicas, Cantona é um jogador excepcional, um verdadeiro craque.

Um das mais recentes aparições de Eric Cantona foi sua participação no vídeo-clipe de Liam Gallagher para a faixa “Once”, outra pessoa polêmica e apaixonada por futebol. O clipe foi lançado em janeiro de 2020. Ele compartilhou um trecho no seu instagram