Home Homens em Pauta Troy Baker, a voz das vozes nos games

Troy Baker, a voz das vozes nos games

Troy Baker é uma das vozes por trás de muitos personagens dos games, seu rosto pode não trazer nenhuma semelhança, mas se você gosta de games com certeza já deve ter o ouvido em muitos títulos. Ele é um dos atores mais consagrados da indústria dos games.

Vale lembrar, lá fora, o trabalho dos atores não é chamado de dublagem, pois eles mesmos dão vida a voz dos personagens.

Carreira

Troy tem 44 anos e nasceu em Dallas, no Texas. Baker emprestou sua voz em comerciais para rádio em sua cidade natal. Um dia, sua voz atraiu o ator Christopher Sabat (Vegeta), que o convidou para trabalhos no estúdio Funimation para emprestar sua voz no anime Case Closed.

Essa foi a porta de entrada para Troy nessa indústria, ele ainda emprestou sua voz para diversos personagens de animes, além de ter sido chamado para inúmeras animações do estúdio da Marvel.

Troy no mundo dos games

Em 2005, devido ao seu bom trabalho nas animações, o estúdio Gearbox Software convidou Troy para dar voz ao personagem Matt Baker no game Brother in Arms.

Em uma época em que o mercado de games necessitava de bons atores para entregar boas experiências, algo que definitivamente foi imagino como cinematográfico. Entretanto, Baker foi de trabalho em trabalho, como ele mesmo diz tropeçando e se ajustando, mas seguindo o ritmo. 

Embora nesse caminho, Troy ainda fosse um verdadeiro destaque, ele se afundava no background de personagens e entregava uma performance de corpo e alma. Somente em 2013 que seu sucesso e reconhecimento viriam, Baker entregou dois de seus melhores trabalhos como ator , Joel em The Last of Us e Booker DeWitt em Bioshock Infinite. 

O reconhecimento de Troy Baker

Os dois jogos foram sucesso de vendas, além de receber elogios dos jogadores e crítica especializada. Seu trabalho como Joel ainda rendeu o prêmio de Melhor Personagem na VGA 2013 (Video Game Awards).

Troy soube do suor que preciso para realizar isso, foi um dos primeiros trabalhos na indústria onde precisou também dar vida aos movimentos e não apenas emprestar sua voz.

Depois do reconhecimento,Troy recebeu tantos convites na indústria que teve até mesmo que mensurar o que conseguiria realizar. A partir disso, ele partiu para os projetos que o desse mais liberdade de incorporar os personagens a sua maneira e colocar até mesmo sua identidade, além de ser extremamente versátil com os papéis.

Hoje não tem um jogo que não possua voz, o cara é realmente a voz de todas as vozes, chegando até receber mensagens de jogadores para não aparecer em tudo pois estavam cansados de sua voz, acredite nisso.

Não apenas como ator vive Troy Baker, o americano tem um trabalho no mundo música, participou de duas bandas e ainda lançou dois álbuns, como Tripp Fontaine e Widow to the Abbey.  Nas redes sociais, Troy é super ativo e engajado com seus fãs, tanto no Instagram como Twitter onde compartilha seus próximos projetos.

Mais posts pra você

COMENTE JÁ